Google anuncia maior controle sobre uso desnecessário de dados do GPS

Por Rubens Eishima | 21 de Fevereiro de 2020 às 18h00
Google
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

O Google anunciou uma nova mudança na política de uso das informações de localização pelos aplicativos, e deixou claro para os criadores dos apps que a mudança vai cortar o uso indevido dos dados de GPS.

No Android 10, o usuário já tinha ganhado a opção de permitir que apenas o aplicativo em uso acessasse os dados de localização. Na próxima versão, porém, o Google avisou em seu blog para desenvolvedores de apps que o controle do usuário será ainda maior.

Atualmente em testes, o Android 11 incluirá a opção de dar acesso ao GPS para o app apenas uma vez. Ao ser fechado, o aplicativo perde o acesso aos dados de localização, até que o usuário conceda a autorização novamente.

O Google justificou a mudança alegando que muitos aplicativos acessam as informações de localização quando não precisam delas. Além disso, a política de uso do Google Play exigirá uma pré-aprovação da empresa para que os apps acessem esses dados em segundo-plano. De acordo com a empresa, até mesmos seus próprios apps passarão por esse processo.

Prevendo um grande impacto nos apps e, principalmente, para seus desenvolvedores, o Google anunciou um cronograma para implementar a mudança:

  • Abril: atualização da política de uso dos dados em segundo plano na loja de apps;
  • Maio: os desenvolvedores poderão tirar dúvidas sobre se o seu uso desses dados é válido;
  • 3 de agosto: novos apps enviados à Google Play com acesso em segundo plano à localização terão de ser aprovados;
  • 2 de novembro: todos os apps que solicitam o status de localização em segundo plano terão de ser aprovados pelo Google ou serão removidos.

A mudança acontece em meio a uma crescente preocupação com a privacidade, incluindo publicações sobre o uso indevido de dados pessoais por parte dos aplicativos e a coleta de dados sem permissão.

Fonte: Google, via The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.