Android 12 Beta indica como será mais amigável a lojas de apps alternativas

Android 12 Beta indica como será mais amigável a lojas de apps alternativas

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 20 de Maio de 2021 às 13h30
Mika Baumeister/Unsplash

Instalar aplicativos por fora da Play Store ou até optar por lojas além das nativas são práticas possíveis dentro do Android. Entretanto, o método requer uma série de ações por parte do usuário para ultrapassar as camadas de segurança do sistema — coisa que por vezes desencoraja o download. No Android 12, uma nova abordagem implementada pelo Google e a experiência com outras distribuidoras de apps será um pouco melhor.

A possibilidade já havia sido aventada no ano passado e, agora, foi confirmada pelo site XDA Developers na documentação do Android 12 destinada aos desenvolvedores. Trata-se do método setRequireUserAction, que deve ser inserido por programadores aos parâmetros de pacotes que instalam novos aplicativos, os PackageInstaller.SessionParams.

Assim que adotá-lo, a loja de apps alternativa à Play Store poderá fazer atualizações automáticas sem qualquer ação do usuário, exatamente como loja oficial do Android o faz. Por exemplo, até o Android 11, se você tenta atualizar o aplicativo da Epic Games baixado pelo navegador, o sistema solicitará uma nova permissão — o que não acontece com a Play Store. No Android 12, isso será diferente: se a plataforma alternativa seguir algumas regras, ela poderá se comportar quase como uma loja nativa, poupando o usuário das recorrentes solicitações.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Mensagens como essa não apareceriam mais no Android 12 (Imagem: Igor Almenara/Canaltech)

Obviamente, ainda é necessário conceder à loja de apps a permissão para instalar aplicativos de fontes desconhecidas. Essa autorização pode ser concedida no menu de configurações e é dado pelo mesmo processo de qualquer outro método semelhante, como para apps em formato .APK dentro do gerenciador de arquivos e downloads feitos pelo navegador.

Já para a loja de apps, a experiência aprimorada exige que ela esteja adaptada para o novo método do Android e utilize a API de nível 29 (Android 10) ou mais recente.

Tornar a experiência de plataformas alternativas mais próxima da Play Store é uma promessa do Google feita em setembro de 2020. Provavelmente, a gigante quer garantir que smartphones Android estejam abertos para mais competidores no segmento de distribuição de aplicativos, assim evitando que entre na mira de ações judiciais, como a que a Epic Games travou com a Apple.

Mais novidades podem estar a caminho, assim como a definição de outros pré-requisitos para lojas de aplicativos. Até a atualização de agosto do Android Beta— quando o sistema finalmente alcançar estabilidade —, mudanças grandes podem acontecer nos bastidores do Android 12, portanto, é importante continuar de olho no que é divulgado pelo Google.

Fonte: XDA Developers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.