Como consertar meu microfone que não funciona no Windows 10?

(Imagem: Divulgação/FalleN Gear)

Dispositivos de áudio como microfones — junto das webcams — ganharam uma posição de destaque no Windows 10. No sistema operacional mais recente da Microsoft, o reconhecimento automático de dispositivos internos e externos facilitou a vida até do usuário mais leigo.

Mas e quando o microfone começa a apresentar problemas, não reproduzindo o áudio desejado ou simplesmente não sendo acionado como deveria? Pensando nisso, preparamos um tutorial com alguns passos simples, que não requerem conhecimento técnico, e que podem fazer com que você mesmo resolva a situação.

Microfones podem ser plugados separadamente ou virem de fábrica com seu notebook

O que o Windows 10 fez de tão novo?

Para começar, é importante conhecer alguns aspectos do novo sistema operacional da Microsoft: primeiramente, ele traz todas as opções de gerenciamento de dispositivos presentes em seus predecessores. Isso significa que o menu de gerenciamento de dispositivos ainda segue vivo, mas algumas opções podem ser tentadas antes.

Entretanto, o Windows 10 traz algumas opções que são permeadas por todo o sistema (system wide settings) e que podem estar impactando no desempenho ou, no pior dos casos, no funcionamento do seu microfone. Se por qualquer motivo você o desabilitou ou negou permissão a ele por um aplicativo, pode ser que o sistema tenha entendido isso como um comando geral.

Isso se dá pelo foco maior que a Microsoft colocou em relação à privacidade do usuário no Windows 10. A fim de evitar que certas aplicações possam acessar ou capturar seu áudio sem a sua devida permissão ou conhecimento, a empresa criou novos formatos de gerenciamento para o que pode ou não ser feito via sistema.

Ok, então o que preciso fazer?

A primeira coisa a ser feita é verificar se o uso de seu microfone está permitido pelo sistema operacional. O Windows 10 normalmente separa os aplicativos instalados entre “desktop” e “apps de loja” (remetendo à Microsoft Store). Se por alguma razão o acesso ao microfone estiver desativado, nenhum dos dois poderá usá-lo.

Para tanto, abra o menu Iniciar e clique no símbolo do menu “Ajustes” (é o desenho em formato de engrenagem, no canto inferior esquerdo). Alternadamente, apertar simultaneamente os botões “Windows” e “I” do seu teclado para abrir o mesmo menu.

Captura de Imagem: Rafael Arbulu

Uma vez nele, clique no ícone “Privacidade” e, no menu lateral à esquerda, selecione “Microfone”. No topo da janela, certifique-se de que apareça a mensagem “O acesso ao microfone deste dispositivo está ativado”. Se qualquer coisa diferente disso estiver à vista, clique em “Alterar” para corrigir.

Logo abaixo, confirme também se a opção “Permitir que os aplicativos acessem o seu microfone” está acionada. Caso contrário, nenhum software instalado poderá reconhecer, acionar e capturar nada por ele.

Captura de Imagem: Rafael Arbulu
Captura de Imagem: Rafael Arbulu

Depois disso, entramos em um jogo de gato-e-rato, em que você deverá conferir, no mesmo menu sob a área que diz “Escolha quais apps podem acessar o seu microfone”, quais são as aplicações que têm a permissão de usar o dispositivo, uma por uma. Certifique-se de que o app que você deseja tem a devida permissão.

Captura de Imagem: Rafael Arbulu

Vale citar que apps tradicionais do desktop não figuram nessa lista, que é composta apenas de softwares baixados pela loja virtual da Microsoft. Programas de desktop sempre terão acesso ao microfone do seu computador, partindo do princípio de que a opção geral de acesso, que discutimos mais acima, esteja acionada.

Normalmente, aqui é onde se resolve o seu problema, já que é bem comum que, por um engano do usuário ou um comando derivativo do Windows, o acesso ao microfone é cortado. Entretanto, há casos em que isso não soluciona o problema.

Continuo sem microfone. E agora?

Se a dica anterior não corrigiu o seu problema, então é hora de fazer o “caminho das pedras”. A primeira coisa a ser feita também é a mais óbvia: se você tem um microfone externo (como um headset gamer, por exemplo), ele está conectado corretamente? Em caso de dispositivos com fio, eles estão em bom estado, algum conector torto ou desalinhado? Se for um dispositivo Bluetooth, o conector funciona? Tem carga suficiente na bateria? É interessante que você confirme tudo isso e, se for o caso, remova e reconecte todos os conectores e, quem sabe, reinicie a máquina.

Passando o óbvio, vamos às opções mais trabalhosas: antes de tudo, abra o gerenciador de dispositivos do Windows. No Windows 10, você pode fazer isso de duas formas: a primeira e mais simples é clicar com o botão direito do mouse no símbolo do menu “Iniciar” e selecionar a opção “Gerenciador de Dispositivos”. A outra é apertar, simultaneamente, as teclas “Windows” e “R” e digitar “devmgmt.msc” (sem as aspas).

Captura de Imagem: Rafael Arbulu

Dentro do gerenciador, você precisará confirmar se o microfone (o dispositivo, não o acesso a ele, como no passo anterior) está habilitado. Para isso, você deve encontrar a opção correspondente ao microfone e acessá-la: geralmente, tais configurações podem ser acessadas dentro do menu expansível “Entradas e Saídas de áudio”, logo abaixo de “fones de ouvido”. Isso também vale para microfones integrados, como em notebooks. Clique na opção correspondente com o botão direito e veja as opções: se “Habilitar este dispositivo” ou algo similar aparecer, é porque seu microfone não está configurado. Se “desabilitar…” for exibido, então seu microfone já é reconhecido pelo Windows 10.

Ainda neste menu, aproveite para clicar na opção de atualização dos drivers do microfone: normalmente, o Windows 10 tenta instalar e atualizar automaticamente os drivers de funcionamento de qualquer dispositivo conectado, seja ele integrado ou atrelado a alguma porta USB. Às vezes, porém, esse processo engasga e deve ser “forçado” de forma manual. Muitos problemas de mau funcionamento de hardware — inclua aí microfones — podem ser resolvidos com uma atualização simples.

Nada ainda: qual o próximo passo?

Diante de um quadro onde, apesar de tudo o que leu até aqui, seu microfone ainda não funciona, então vamos tentar uma outra opção: está vendo o ícone de som e volume do Windows, no canto inferior direito da sua tela, na Barra de Tarefas? Clique nele com o botão direito do mouse e selecione a opção “Sons”. Em seguida, na janela que se abriu, clique na aba “Gravação”.

Captura de Imagem: Rafael Arbulu
Captura de Imagem: Rafael Arbulu

Daqui, temos que confirmar duas coisas: a primeira é a de que o dispositivo padrão de reprodução e captura de áudio do Windows 10 seja aquele que você deseja. Isso é especialmente necessário caso você tenha um notebook que já venha com um microfone embutido e acabe plugando nele outro microfone externo (via USB), por exemplo. Diante de dois dispositivos de função igual, o sistema operacional pode se confundir e apontar para um ou para outro.

Depois de se certificar de qual é o aparelho certo para o que você precisa, é hora de testar o seu funcionamento: nessa mesma tela, fale em voz alta ou, em caso de um headset estar sendo usado, fale com ele nas orelhas e com a saída de áudio próxima à sua boca. Você verá as barrinhas verdes se mexendo (são indicadores de volume captado, aliás), o que é um indicativo de que o microfone está funcionando corretamente.

Já atualizei drivers e tudo está em ordem, mas o microfone segue sem funcionar

Se diante de tudo isso você ainda estiver enfrentando problemas para reprodução e captura de áudio, ainda temos um último recurso, embora este seja um pouco mais incerto: é possível que a aplicação desejada esteja selecionando o dispositivo errado ou não encontrando dispositivo algum, em primeiro lugar.

Aqui, a situação é um pouco mais desconfortável: especialmente em casos onde há múltiplos recursos de captura de áudio, o software pode simplesmente estar apontando para o microfone errado. Assim, abra o app de sua escolha e busque em suas configurações as opções de seleção e gerenciamento de câmeras. No Skype, por exemplo, o caminho é “Menu > Ajustes > Audio e Video”.

É importante ressaltar, porém, que essa opção pode ou não funcionar, dependendo dos modelos de microfone suportados pelo software desejado. A Microsoft confirmou no passado que alguns modelos compatíveis no Windows 7 não funcionam no Windows 10. O já mencionado Skype também é meio seletivo no que tange a câmeras e microfones. Se no menu de configurações, o seu aparelho não aparece, pode ser apenas que a aplicação não lhe dê suporte, obrigando que você escolha outro software.

Deu ruim: hora de ligar pro cara de TI?

Sim. Se nenhum dos passos anteriores adiantou a sua vida, então é hora de acionar os serviços externos e especializados. Provavelmente, seu microfone está com problemas de hardware. Normalmente, para usuários comuns, isso significa entrar em contato com a fabricante do produto e buscar informações referentes à manutenção. Se seu dispositivo está dentro da garantia, ótimo: a fabricante poderá lhe guiar pelo processo para conserto ou aquisição de um modelo novo, sem custo.

Em casos de dispositivos corporativos (como um laptop que a sua empresa lhe forneceu), a coisa tende a ser mais complicada. Grandes companhias tendem a instalar medidas de proteção no uso de seus dispositivos, que podem permitir, entre outras coisas, que um microfone seja remotamente habilitado/desabilitado. Neste caso, acione o departamento de TI responsável e eles poderão lhe orientar de acordo com as políticas da sua empresa.

Headsets também entram na categoria de microfones que podem apresentar falhas: comumente usados em eSports, imagine a dor de cabeça na comunicação do time se algum deles falhar? 

Está com algum problema e não consegue resolver? Ou então tem interesse em tutoriais de algum assunto específico? Conte para nós nos comentários e a gente vai atrás das informações necessárias para publicarmos uma matéria bem aprofundada no que você busca!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.