Windows Ink combina canetas e touchscreen para uma experiência aprimorada

Por Douglas Ciriaco | 30.03.2016 às 13:34
photo_camera Divulgação

A primeira novidade da Microsoft durante a Build 2016, conferência para desenvolvedores, foi a apresentação do recursos Windows Ink, um ambiente de trabalho criado para otimizar o uso de canetas em dispositivos com tela sensível ao toque. O recurso estará presente na próxima grande atualização do Windows e combina recursos inteligentes para que as chamadas stylus ganhem mais protagonismo e facilitem a vida dos usuários.

Quem apareceu no palco para apresentar o novo recurso foi Bryan Roper, diretor de produto do Windows, que destacou o fator inteligência do novo recurso. Ele está integrado a uma série de aplicativos, permitindo que você crie notas de maneira mais simples e inteligente. Por exemplo, ao escrever uma data, o sistema identifica tal informação e cria um aviso para que você não esqueça daquilo que acabou de anotar.

Windows Ink

Windows Ink: a caneta no centro de tudo. (Foto: Reprodução/Microsoft)

No Bing Maps, o Windows Ink vai permitir a definição de rotas ou ainda a medição de distâncias entre dois pontos. O novo recurso também trabalha de maneira integrada com o Sketch Pad para a criação de desenhos, com os aplicativos do pacote Office — você pode usar a caneta para corrigir um texto do Word como se o fizesse em um pedaço de papel convencional — e vários outros.

Um destaque especial exibido no palco foi a integração entre o Windows Ink e o Ilustrator, o software de ilustração do pacote Adobe. Combinando elementos nativos do Windows Ink com recursos do programa, ilustradores ganham ainda mais ferramentas para criar as suas obras de arte, como réguas e moldes digitais para usar junto da caneta.

Windows Ink

Imagem: Reprodução / The Verge