Windows 10 já está instalado em 600 milhões de dispositivos, afirma Microsoft

Por Redação | 30 de Novembro de 2017 às 11h42
TUDO SOBRE

Microsoft

O Windows 10 já está rodando em mais de 600 milhões de dispositivos ao redor do mundo. Os números foram apresentados pelo CEO da Microsoft, Satya Nadella, durante uma conferência com acionistas nesta quarta-feira (29), como prova do sucesso da estratégia da companhia, que aposta em soluções convergentes em vez de focar de maneira específica em diversos segmentos de aparelhos.

O número, então, é composto por todos os tipos de gadgets com a plataforma: computadores, notebooks conversíveis, tablets, smartphones, consoles da linha Xbox One, headsets com a tecnologia de realidade aumentada HoloLens e gadgets da linha Surface. Todos, afirma o executivo, podem conversar entre si, criando um ecossistema único para os utilizadores de soluções da marca.

Os dados mostram avanço em relação à última vez em que foram divulgados. Em março do ano passado, a Microsoft falava em 270 milhões de instalações; agora, o número já representa mais do que o dobro. Por outro lado, a soma ainda é inferior à meta de um bilhão de dispositivos em três anos, firmada antes mesmo do lançamento do Windows 10. A noção, agora, é que esse ideal só será atingido no primeiro semestre de 2019.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Não é motivo para tristeza, entretanto, muito pelo contrário. Por mais que reconheça ser incapaz de obter a marca, a companhia se diz extremamente satisfeita com a adoção do sistema operacional e os resultados demonstrados, principalmente oriundos do processo de upgrade automático e gratuito, que levou muita gente a atualizar suas máquinas logo nas primeiras semanas após o lançamento do Windows 10.

Esse período já acabou, e agora a ideia é trabalhar em funcionalidades conectadas. O Windows 10 vem ganhando incrementos a cada nova atualização, e depois de diversas novidades para usuários de telas sensíveis ao toque e profissionais da comunicação e das artes vieram possibilidades de convergência de aplicativos, troca de arquivos por meio de conexão sem fio e outras utilidades.

Com isso, espera Nadella, os usuários passarão a ver mais e mais valor nas soluções da Microsoft. Ao lado do lançamento de aplicativos para iOS e Android, a ideia é passar a sensação de que o Windows 10 pode servir como um hub para todas as aplicações e dispositivos, que funcionam melhor caso rodem todos na mesma plataforma, mas também possam conversar caso esse não seja o caso.

Fonte: GeekWire

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.