Windows 10 deve mesmo chegar no segundo semestre de 2015

Por Redação | 08 de Dezembro de 2014 às 10h19
photo_camera Divulgação

Depois de muita especulação e informações um tanto quanto vagas, a Microsoft finalmente revelou quando veremos o Windows 10 rodando em nossas máquinas. De acordo com Kevin Turner, diretor de operações da empresa, a versão final do sistema operacional deve ser lançada no segundo semestre de 2015.

Antes disso, porém, veremos um developer preview sendo liberado para os interessados e todos os detalhes devem ser dados em abril, quando acontece a conferência Build 2015, voltada justamente para os desenvolvedores de software. A ideia é que esse lançamento venha como um teste definitivo para os mais diversos aspectos do sistema operacional, garantindo um lançamento com o menor número de problemas possível alguns meses depois.

Mas, como lembra o CNET, o uso da expressão “developer preview” é um tanto quanto esquisito. Confirmando outros rumores, a Microsoft já anunciou que adotará um sistema de atualizações e versões mais semelhante ao do mundo mobile, lançando atualizações mais constantes e liberando novas funcionalidades de tempos em tempos. O termo, então, seria apenas um “modo de dizer”, já que o trabalho da empresa, agora, tem se concentrado em liberar prévias para qualquer interessado e não necessariamente para os programadores.

Além disso, o site adiciona alguns pequenos rumores às divulgações da Microsoft. Fontes ligadas à companhia revelaram ao veículo que uma nova versão de testes do Windows 10 deve dar as caras já em janeiro, estando disponível para todos que já participam das experimentações atuais.

Apesar de tudo isso, a grande surpresa é a revelação do Windows Phone 10, que apareceria ainda na forma de uma SKU para desenvolvedores. A ideia, aqui, seria fomentar ainda mais a integração entre plataformas que rodam os sistemas da Microsoft, ligando a versão mobile de tablets e smartphones a computadores e notebooks. Essa seria uma das grandes iniciativas da empresa com seus sistemas operacionais, com rumores indicando que eles, inclusive, estariam sendo desenvolvidos lado a lado justamente para criar essa ligação maior entre eles.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.