Usuários inscritos no programa Insider receberão Windows 10 RTM de graça

Por Redação | 12 de Maio de 2015 às 11h25

Se você ainda não é um testador da versão beta do Windows 10, é melhor começar a experimentar o novo sistema operacional a partir de agora. Isso porque os usuários que fazem parte do programa Windows Insider - que inclui o Windows 10 Technical Preview - poderão baixar a plataforma gratuitamente quando ela chegar oficialmente ao mercado no segundo semestre de 2015.

A versão que será liberada é a RTM (no inglês, release to manufacturing), termo que se refere a um estágio do Windows 10 considerado estável e pronto para a distribuição em massa. Segundo Gabriel Aul, um dos principais membros da equipe Windows, quem já está testando as builds da versão Technical Preview não terá nenhum custo para adquirir a versão RTM do novo Windows - desde que já tenha uma licença válida do Windows 7 ou Windows 8.

Embora a licença seja necessária, não é nenhuma surpresa saber que a Microsoft vai liberar gratuitamente a versão RTM para os testadores do Windows 10, uma vez que esses usuários são os que mais têm ajudado a companhia no desenvolvimento do sistema, enviando suas sugestões e feedback daquilo que mais estão gostando no novo software. Além disso, é provável que esses usuários recebam a plataforma antes de todos os outros consumidores, já que estão auxiliando a gigante de Redmond na construção daquela que deve ser a última versão do Windows.

Em janeiro, mais de 1,7 milhão de pessoas estavam inscritas no programa Inside e outras 3 milhões haviam baixado a versão Technical Preview do Windows 10.

Vale lembrar que o Windows 10 será gratuito para quem já tem o Windows 7 ou Windows 8.1. A decisão vai impactar diretamente cerca de 1,5 bilhão de usuários de Windows em PCs, sendo que, dessa quantidade, 650 milhões são de Windows 7. A mudança também irá atingir donos de smartphones com Windows 8 ou Windows 8.1, que também vão receber a nova plataforma.

Essa atualização irá durar por apenas um ano a partir do lançamento do Windows 10, com updates garantidos durante toda a "vida útil" do sistema. De acordo com Terry Myerson, chefe da divisão Windows, oferecer essa possibilidade aos usuários vai permitir "encontrar o próximo bilhão de pessoas que irão optar pelo Windows 10". Isso sem contar que a companhia está investindo em atualizações mais fluidas para aumentar a base de usuários para os desenvolvedores.

Fontes: Gabriel Aul (Twitter), TechRadar

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.