Sucesso: Windows 10 já está rodando em mais de 75 milhões de dispositivos

Por Redação | 26.08.2015 às 13:49
photo_camera Divulgação

Há quase um mês, a Microsoft lançava o Windows 10. Desde então, a plataforma tem se mostrado um verdadeiro sucesso, e novos números mostram que o novo sistema operacional da companhia não para de ganhar novos adeptos. De acordo com Yusuf Mehdi, chefe de marketing do Windows, o software já está rodando em mais de 75 milhões de dispositivos.

Para efeito de comparação, nas primeiras 24 horas em que o Windows 10 foi disponibilizado, a Microsoft revelou que 14 milhões de aparelhos tinham feito a atualização para o novo sistema. Dois dias depois, o número teria saltado para 67 milhões de instalações.

Essa é uma marca impressionante, principalmente se a compararmos com o Windows 8. No primeiro mês de lançamento da geração passada, foram vendidas 40 milhões de licenças. Seis meses depois, a companhia atingiu 100 milhões aparelhos com Windows 8. Levando em consideração que em menos de um mês o Windows 10 já foi instalado em quase o dobro de máquinas de seu irmão mais velho, não deve demorar muito para que a barreira dos 100 milhões de gadgets seja batida.

Ainda segundo Yusuf, o Windows 10 opera hoje em mais de 90 mil diferentes dispositivos, entre PCs e tablets. A plataforma está presente em 192 países, o que significa que quase todas as nações do planeta possuem o sistema. Além disso, a Windows Store para o Windows 10 tem seis vezes mais downloads de aplicativos por aparelho se comparada ao Windows 8.

Outro dado diivulgado pelo executivo mostra como o Windows 10 tem sido bastante adotado pela comunidade gamer. Jogadores de Xbox One já transmitiram o equivalente a 122 anos de gameplays de seus jogos favoritos para computadores rodando o Windows 10 — é a primeira vez que um console da empresa permite fazer streaming de partidas para o PC. Já foram desbloqueadas 10 milhões de conquistas usando o sistema.

É difícil definir o que exatamente fez com que o Windows 10 conquistasse um número de adpetos em tão pouco tempo. Mas tanta popularidade pode ter uma razão: a metodologia usada pela Microsoft na distribuição do sistema.

Por se tratar de uma atualização gratuita para milhões de usuários do Windows 7 e do Windows 8.1, o software está sendo disponibilizado em fases. Primeiro foram os quase cinco milhões de usuários que participaram do programa Windows Insider, que testaram em primeira mão as principais novidades do sistema e enviaram à empresa um feedback do que está bom ou precisa melhorar. Depois, foi a vez dos donos dos Windows 7, 8 e 8.1 que fizeram a reserva do sistema em 1º de junho, logo depois que a Microsoft anunciou a data de lançamento da plataforma.

As empresas começaram a baixar o Windows 10 apenas em 1º de agosto. Mais tarde, agora no final de 2015, os primeiros celulares com Windows 8.1 poderão baixar a atualização. Há ainda um terceiro grupo que receberá o novo Windows. Este, por sua vez, integra aqueles que não participaram do Windows Insider ou que não possuem o Windows 7 ou 8.1 para baixar o sistema de graça, como por exemplo os usuários de Windows Vista, XP ou versões anteriores.

Um novo relatório breve sobre o desempenho de adoção do Windows 10 deve ser revelado em alguns dias. No entanto, não deve ser difícil de imaginar que, no ritmo atual, o sistema deve ganhar um número ainda maior de usuários.

Fonte: Yusuf Mehdi (Twitter)