Primeira atualização do Windows 10 surge 24 horas após seu lançamento

Por Redação | 30.07.2015 às 14:58
photo_camera Rafael Romer/Canaltech

Na última quarta-feira (29), a Microsoft finalmente começou a liberar o upgrade para a versão mais recente do seu sistema operacional, o Windows 10, para donos de computadores que fizeram a pré-reserva. Entre eventos de lançamento e reclamações de problemas na instalação, a Microsoft mostrou que ainda está trabalhando pesado no novo Windows.

Pouco menos de 24 horas após o lançamento oficial do SO, a empresa de Redmond liberou a primeira atualização para o Windows 10. O update possui 1GB e promete trazer melhorias para o sistema – que aparentemente apresentou pequenos bugs na versão "final". Os usuários que começaram a receber o upgrade para o novo sistema têm acesso à mesma versão liberada para os Insiders há alguns dias, a build 10240. É possível que os feedbacks dos testadores tenham levado à criação dessa primeira atualização para o Windows 10.

Os usuários que conseguiram baixar o Windows 10 nas primeiras horas de liberação já estão recebendo a atualização, enquanto aqueles que ainda aguardam na fila de espera devem receber a mesma versão 10240 do sistema e, em seguida, a nova atualização. O update descarrega 500MB que refletem em cerca de 1GB de melhorias que são aplicadas no PC do usuário.

Esse update veio para reafirmar a posição da Microsoft, que prometeu liberar atualizações sempre que for necessário, sem esperar que uma série de problemas seja resolvida para agrupá-los e lançar apenas um patch. De acordo com os termos de serviço do sistema operacional, os usuários domésticos serão obrigados a aceitar todas as atualizações de sistema e, ao contrário do que acontece hoje, não poderão mais desativá-las ou escolher exatamente o momento de baixá-las para o computador.

É uma mudança que, de acordo com a Microsoft, vem para incrementar a segurança da plataforma. Com updates mandatórios, os usuários sempre estarão livres de bugs descobertos recentemente e também protegidos contra falhas de segurança, reduzindo a disparidade no ecossistema e permitindo um suporte mais adequado por parte da companhia.

Saiba mais:

Via Pplware