Microsoft usa pop-up no Windows 10 para sugerir extensão a usuários do Chrome

Por Redação | 20.01.2017 às 14:41
photo_camera Divulgação

Desde 2015, quando começou uma campanha insistente para que usuários fizessem a atualização de suas máquinas para o Windows 10, a Microsoft virou alvo de críticas pela forma pouco sutil como tentou empurrar seus produtos e serviços para consumidores. O programa de atualização para a nova versão do sistema operacional já se encerrou faz um bom tempo, mas a Microsoft parece ter tomado gosto pela campanhas insistentes.

Usuários do navegador Google Chrome reportaram nesta semana que a empresa começou a utilizar "pop-ups" logo acima do ícone do browser, na barra de tarefas, para sugerir a instalação da extensão Microsoft Personal Shopping Assistant (PSA) – um aplicativo para comparação de preços feito pela própria empresa de Redmond.

Usuários acusam empresa de práticas de "adware" com notificação (foto: reprodução/Myce)

A extensão já existe há algum tempo e tem pouco mais de 16 mil usuários, mas um update recente ao serviço teria iniciado só agora o spam. Na loja de extensões Chrome Web Store, diversos usuários já deixaram críticas à Microsoft, acusando a empresa de praticas de "adware" para divulgar sua extensão.

A prática tem levantado sobrancelhas de alguns usuários, que temem que o uso de notificações para publicidade no sistema operacional se torne mais frequente e possa ser expandido para desenvolvedores terceiros. Outra possibilidade é da Microsoft começar a cobrar por uma versão livre de publicidade do Windows 10 – algo que pode não ser tão distante da realidade, como demonstrou o YouTube com seu serviço YouTube Red.

Via: Engadget, Myce