Microsoft testa mudanças de privacidade para o Windows 10

Por Wagner Wakka | 06 de Março de 2018 às 17h30
Tudo sobre

Microsoft

A Microsoft disponibilizou uma build de testes do Windows 10 para usuários do Windows Insiders que envolve, entre outras coisas, mudanças nas políticas de privacidade do sistema operacional.

Uma das principais mudanças está na opção de escolher as informações que o usuário gostaria de enviar para servidores da empresa. Isso se deu por conta de polêmicas relacionadas aos termos de utilização do Windows 10, o qual possibilita à Microsoft recolher informações por meio de keylogger. Esta é uma ferramenta usada para gravar basicamente tudo ou momentos específicos do que se faz no computador. A Microsoft afirma que nenhuma informação pessoal, como dados de contas de bancos, senhas e afins, é comprometida no processo, e que visa somente melhorar sempre a experiência do usuário. 

Com a novidade em testes, há uma tela separada que permite o regular reconhecimento de escrita e digitação, além de disponibilizar a opção de não enviar ambas informações para os servidores da Microsoft. Atualmente, todas as modificações de privacidade estão em uma mesma tela, mas a Microsoft está testando separar todas as 7 opções em telas individuais. A decisão virá a partir do retorno de testers.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ainda, a empresa adicionou um visualizador de dados em separado, chamado Windows Diagnostic Data Viewer, que basicamente mostra um resumo de todas as informações enviadas a ela. Vale lembrar que mesmo que a Microsoft afirme que a coleta de dados tem como objetivo melhorar a experiência dos usuários, governos como o da França e da União Europeia já demonstraram preocupações oficiais sobre o assunto.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.