Microsoft limita as opções para adiar a atualização para o Windows 10

Por Redação | 15 de Dezembro de 2015 às 14h38

A Microsoft vem se superando na arte de forçar que os usuários dos Windows 7 e 8.1 façam a atualização gratuita para o Windows 10. Desta vez, a empresa de Redmond incluiu uma notificação em versões anteriores do sistema que deixam ao usuário apenas duas opções que, de fato, são uma só: atualizar. A mensagem avisa que o utilizador poderia escolher entre atualizar agora ou, então, fazer isso ao final do dia.

Quem faz uma reflexão sobre o tema é Brad Chacos, editor do site PC World. Ele reconhece que, sim, é simples apenas encerrar a janela e continuar com a sua vida normal na versão que você já estava antes. Contudo, não faria mal incluir um botão destacando que não é obrigatório prosseguir com a atualização.

“Ter apenas as duas opções grandes e claras para acionar [a atualização] em uma página que salta na tela sendo que ambas levam ao download do Windows 10 parece algo inerentemente desagradável”, desabafa Chacos. “É como se a Microsoft estivesse tentando enganar usuários menos experientes para fazê-los baixar o sistema operacional com táticas frequentemente utilizadas por spammers e sites maliciosos”, conclui.

Esta nova tática de atualização da Microsoft parece ter entrado em vigor durante o último domingo (13). A tela do screenshot acima aparece disponível para quem clica no ícone de atualização do Windows a partir do Windows 7 ou 8.1. Se ela aparecer em seu computador, é óbvio que não é necessário realizar a atualização — basta fechar a janela e pronto.

Contudo, não deixa de ser uma prática condenável da MS a de tentar, de alguma forma, forçar que seus usuários migrem para o Windows 10. Ainda está em dúvida se deve fazer isso ou não? Nós já reunimos motivos para atualizar e também para não atualizar o seu sistema operacional.

Fonte: PC World

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!