Microsoft aumenta pressão para usuários atualizarem para o Windows 10

Por Redação | 16 de Dezembro de 2015 às 10h34

Desde o lançamento do Windows 10, no início do segundo semestre, a Microsoft tem pressionado os usuários do Windows 7 e Windows 8.1 a atualizarem seus PCs para a versão mais recente do sistema operacional. No início, os avisos limitavam-se apenas a mostrar ao usuário que a atualização estava pronta. No entanto, ao passar dos meses, a companhia tornou-se mais agressiva neste sentido.

Uma das estratégias já utilizadas foi baixar os arquivos de instalação do Windows 10 em segundo plano, sem que o usuário tivesse qualquer conhecimento do processo. Em alguns casos, a Microsoft atualizou "acidentalmente" alguns computadores. Agora, os usuários que clicam no ícone de notificação para a instalação do Windows 10 são abordados com as opções "Atualizar agora" ou "Atualizar hoje a noite". Ao clicar na segunda opção, os usuários apenas adiarão a atualização por algumas horas, sem poderem decidir por instalarem mais tarde como antes.

Windows 10 upgrade

Ao menos por enquanto, os usuários podem escapar da imposição da Microsoft ao clicar no "X" para fechar a janela. No entanto, fica claro que a empresa está fechando o cerco para que todos os usuários do Windows 7 e Windows 8.1 possam contar com a última versão do SO.

É verdade que o Windows 10 apresenta muitas vantagens para seus usuários, com recursos mais modernos e atualizados. No entanto, muitos usuários têm sofrido com problemas no upgrade do sistema operacional, enquanto que outros estão preocupados com a falta de privacidade do Windows 10.

De qualquer modo, a Microsoft segue ambiciosa em bater a meta de 1 bilhão de dispositivos conectados com Windows 10 nos próximos anos, algo que certamente exigirá que muitos dos que ainda trabalham com Windows 7 e Windows 8.1 façam a atualização para o novo sistema.

Fonte: InfoWorld

Fonte: https://bgr.com/2015/12/15/windows-10-upgrade-options/