Jogo de cartas Paciência estará de volta ao Windows 10

Por Redação | 23 de Abril de 2015 às 15h52
photo_camera Divulgação

O lançamento do Windows 10 deve marcar a volta de várias funções clássicas dos sistemas operacionais da Microsoft. Depois de anunciar o retorno do menu Iniciar, chegou a vez da empresa confirmar que o famoso jogo de cartas Paciência também estará disponível à nova versão da plataforma de PCs mais utilizada no mundo.

Desde o Windows 8, a companhia retirou títulos admirados pelos fãs, como Campo Minado, Copas e o próprio Paciência. Eles ainda eram acessíveis no sistema, mas se o usuário quisesse jogá-los, era preciso fazer o download dos aplicativos na Windows Store. A partir do Windows 10, pelo menos o Paciência voltará a vir instalado de fábrica, e poderá ser acessado pelo antigo atalho presente em versões anteriores ao Windows 8, que é: Iniciar > Programas > Acessórios > Jogos.

Embora os consumidores ainda precisem baixar Campo Minado e Copas da loja de apps da Microsoft, a decisão da empresa em trazer de volta apenas o título Paciência tem um motivo: o jogo completa 25 anos em 2015 e ganhará uma edição comemorativa batizada até o momento de "Microsoft Solitaire Collection". Ela trará novos temas, placares, estatícias e desafios — sem eliminar o design e a dinâmica tradicionais que tornaram do game um sucesso.

A novidade já foi flagrada por testadores do Windows 10 Technical Preview e postada nas redes sociais, como é o caso do usuário do Twitter @stroughtonsmith.

O Windows 10 será gratuito para quem já tem o Windows 7 ou Windows 8.1, uma decisão que deve impactar cerca de 1,5 bilhão de usuários do software em PCs. Entre as principais novidades estão a volta do Menu Iniciar, que trará as mesmas funções do menu clássico em uma interface repaginada, integração com a assistente de voz Cortana, apps universais e um novo navegador, o Project Spartan, que futuramente vai substituir o Internet Explorer. O sistema também ganhará uma versão própria para tablets e smartphones.

Especula-se que a plataforma seja lançada no final de julho, como já havia sido confirmado pela Microsoft no anúncio do sistema operacional. O software chegará em 190 países e estará disponível em 111 idiomas. Novas informações devem ser anunciadas no dia 29 de abril, data em que acontece a conferência BUILD, voltada para desenvolvedores e entusiastas do sistema.

Fonte: The Verge

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!