Contagem regressiva: você só tem um mês para baixar o Windows 10 de graça

Por Redação | 29 de Junho de 2016 às 17h14

Há exatamente onze meses, a Microsoft lançava o Windows 10. E junto com a chegada do novo sistema operacional, a empresa fez um aviso: daquela data em diante, os usuários de Windows 7, 8 e 8.1 só teriam um ano para baixar gratuitamente a plataforma atual. Portanto, se você possui uma máquina com uma dessas versões do Windows e ainda não baixou o novo software, restam apenas trinta dias para efetuar o upgrade sem ter que pagar por ele.

O update gratuito para o Windows 10 aconteceu em fases. Primeiro foram os cinco milhões de participantes do Windows Insider, programa voltado para usuários testarem em primeira mão recursos ainda em desenvolvimento e enviar seu feedback à empresa. Em seguida, receberam o sistema aqueles usuários que efetuaram a reserva do software em 1º de junho, logo quando a Microsoft anunciou a data de lançamento da plataforma. Por fim, a terceira leva incluiu os usuários que não participam do Insider, nem fizeram a reserva. Havia também o grupo de pessoas que possuíam versões mais antigas, como o Vista e XP — neste caso, elas tiveram de adquirir uma versão mais recente do sistema antes de prosseguir com a atualização.

Em 29 de julho de 2015, a companhia começou a liberar o download do Windows 10 para usuários comuns, mas semanas antes a entidade já alertava sobre a atualização — um ícone era exibido no canto direito da barra de tarefas, bem ao lado do marcador de horas. Depois, mesmo com a quantidade elevada de downloads, a Microsoft passou a emitir notificações com mais frequência, justamente para garantir que o maior número de pessoas pudesse ter a plataforma em seus PCs o quanto antes.

Após o final de julho, é provável que a empresa continue exibindo esses alertas sobre o update. A diferença é que, se você não efetuar o download dos arquivos até o próximo dia 29, será preciso desembolsar entre R$ 400 e R$ 1.100 (dependendo da versão escolhida) para baixar o sistema no seu computador. Até a manhã desta quarta-feira (29), mais de 350 milhões de dispositivos, incluindo PCs, tablets e smartphones, já rodavam o Windows 10, segundo anúncio da própria Microsoft.

Como atualizar seu PC

Caso sua máquina já esteja apta para o download, verifique no canto direito da barra de tarefas se aparece uma notificação do logotipo do Windows. Se sim, basta seguir as instruções para concluir a tarefa. Você também pode baixar o update diretamente pelo site da Microsoft.

Assim como qualquer sistema operacional, o Windows 10, por ser mais recente, precisa de algumas configurações mínimas para ser instalado e funcionar corretamente. São elas:

  • CPU: 1 GHz ou superior;
  • Gráficos: suporte a DirectX 9 ou superior com driver WDDM 1.0 ou superior;
  • Resolução mínima de display: 800 x 600;
  • Memória RAM: 1 GB ou superior (32-bits), e 2 GB ou superior (64-bits);
  • Armazenamento livre: 16 GB ou mais (32-bits), 20 GB ou mais (64-bits).
Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.