Atualização do Windows 10 quebra o modo "suspender", mas há uma solução

Por Rubens Eishima | 07 de Setembro de 2020 às 14h50
Windows
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

Alguns usuários do Windows 10 têm relatado que seus computadores não entram mais no modo “sleep” (suspender, em português). O problema começou a ocorrer após a instalação do pacote de atualizações de setembro para o sistema, e impede que o PC ou notebook entre no modo de economia de energia, mantendo o computador ligado e apenas a tela desligada. Apesar de ainda não ter solução oficial, é possível configurar o sistema para evitar o problema.

O bug, segundo usuários no fórum da Microsoft, é causado pelo processo MoUSO Core, que verifica a disponibilidade de atualizações do sistema. Ele impede que o computador permaneça no modo de economia, “acordando” o computador de tempos em tempos. Um usuário chegou a relatar que seu computador foi ligado 50 vezes durante um único dia, obrigando-o a desligar a máquina.

Solução complicada e temporária

A alternativa encontrada pelos usuários para resolver o problema envolve a desativação temporária do serviço do Windows Update, algo que não é recomendado, pois qualquer problema no processo pode impedir futuras atualizações importantes do sistema.

Independentemente de testar a solução abaixo, recomendamos relatar o problema à Microsoft, utilizando o app “Hub de Comentários”, instalado no Windows 10.

Caso queira testar a solução, por sua conta e risco, basta buscar por “services.msc” no menu Iniciar e, após abrir o programa “Serviços”, procure por “Windows Update”. Clique com botão direito na opção e escolha “Parar”, depois clique novamente e selecione “Iniciar” e uma terceira vez para a opção “Reiniciar”.

Reinicialização forçada do Windows Update pode resolver o problema (imagem: Rubens Eishima/Canaltech)

Feito isso, abra o Windows Update, basta digitar o nome no menu Iniciar e escolher a opção “Verificar se há atualizações”, clicar no botão para buscar atualizações, instalá-las e depois reiniciar o computador.

Vale destacar que a solução não é definitiva e o problema pode voltar a qualquer momento até que a Microsoft disponibilize uma correção oficial.

Fonte: Windows Latest

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.