As principais novidades da primeira grande atualização do Windows 10

Por Caio Carvalho
photo_camera Divulgação

Desde que lançou o Windows 10 em junho deste ano, a Microsoft liberou diversos updates para aprimorar o sistema e com isso melhorar a experiência do usuário. Agora, a companhia lançou recentemente a primeira grande atualização da plataforma, até então disponível apenas para membros do programa Insider.

Boa parte das mudanças quase não é notada, enquanto o restante fica mais perceptível na interface e no desempenho do software nos computadores - incluindo um aumento de até 30% no desempenho do sistema em relação ao Windows 7. Então, se você já baixou ou ainda não atualizou sua máquina, veja abaixo o que traz a versão mais recente do Windows 10 nos PCs, conhecida como Threshold 2.

Interface

Para quem gosta de personalizar o visual do Windows, uma das novidades desta atualização é a possibilidade de escolher uma cor sólida para ser aplicada na tela de bloqueio e na barra de título (Explorador de Arquivos), que fica no topo das janelas. Donos da versão 10 Pro têm acesso a um recurso adicional, o Spotlight, que troca o papel de parede da tela de bloqueio todos os dias.

Para mudar a cor das barras de título nas janelas, vá em Configurações > Personalização > Cores > Exibir cores em Iniciar, na barra de tarefas, na central de ações e na barra de título. Já para deixar uma cor sólida na tela de bloqueio, vá em Configurações > Personalização > Tela de bloqueio e desmarque a opção "Mostrar a imagem de tela de fundo do Windows na tela de entrada".

Windows 10

Cor sólida pode ser aplicada tanto na barra de tarefas quanto na tela de bloqueio. (Foto: Reprodução/Canaltech)

Outra novidade é uma pequena alteração no modo Snap View, que divide aplicativos lado a lado e, embora já existisse desde o Windows 8.1, chegou ao Windows 10 de forma limitada. Toda vez que você redimensionar a janela de um app, o outro será redimensionado automaticamente e ficará do mesmo tamanho do app ao lado - ou, através de uma borda vertical, deixar uma janela maior que a outra, dependendo da sua necessidade. Caso você exiba três aplicativos ao mesmo tempo, um deles ficará no meio da tela até que você decida para qual lado ele vai ou se ficará escondido.

Para ativar esta função, vá até Configurações > Sistema > Multitarefas e ative "Quando eu redimensionar uma janela ajustada, redimensionar qualquer janela ajustada adjacente ao mesmo tempo".

Windows 10

Duas janelas no Windows 10 agora se ajustam automaticamente para ficar do mesmo tamanho. (Foto: Reprodução/Canaltech)

Aplicativos

O Skype foi um dos aplicativos mais atualizados com a chegada do Threshold 2. Sem avisar, a Microsoft dividiu a ferramenta em três aplicativos universais: Telefone, para ligações; Mensagens, para conversas em texto; e Vídeo do Skype, para videochamadas. Ainda não se sabe o motivo para a empresa ter separado o Skype, que já era bastante completo, em três recursos simples. O que se especula é que a companhia quer unificar a experiência do Windows 10 no PC e nos dispositivos móveis, uma vez que os três apps estarão no Windows 10 Mobile.

A Microsoft também trouxe o aplicativo Sway, um serviço semelhante ao PowerPoint que permite criar apresentações de texto e páginas da web mais sofisticados, a nível profissional, mas sem muita complicação. O app agora é nativo do Windows 10 e está acessível mesmo para quem não optou por baixá-lo anteriormente.

Windows 10

Assim como no PowerPoint, usuário pode criar apresentações no Sway. (Foto: Reprodução/Canaltech)

Outras ferramentas atualizadas foram os apps de e-mail, Xbox, calendário, Microsoft Fotos e Microsoft Groove. Há também um pequeno update que facilita a data e hora do sistema, que agora têm o fuso horário ajustado automaticamente com base na sua localização atual.

Menu Iniciar

Windows 10

Com atualização, blocos dinâmicos podem completar até quatro colunas no Menu Iniciar. (Foto: Divulgação/Canaltech)

O menu Iniciar do Windows 10 também ganhou um update pequeno, mas bastante funcional. Agora você pode dividi-lo em até quatro colunas - antes eram apenas três -, podendo redimensioná-las em tamanhos diferentes para comportar os blocos dinâmicos dos aplicativos. Para ativar este recurso, basta ir até Configurações > Personalização > Iniciar e marcar a opção "Mostrar mais blocos".

Além disso, o Iniciar aumentou o número de itens que podem ser exibidos: passou de 512 para 2.048. Isso inclui tanto os blocos quanto os atalhos e programas.

Microsoft Edge

Windows 10

Ao posicionar o mouse sobre uma aba, Microsoft Edge agora exibe um preview daquela página. (Foto: Divulgação/Canaltech)

Muitos dos recursos anunciados há meses para o Edge finalmente começaram a aparecer para usuários. Um deles é a exibição de previews das abas abertas quando você posiciona o cursor do mouse sobre elas. O novo navegador da Microsoft também passou a sincronizar seus Favoritos, listas de leitura e senhas salvas com outros dispositivos conectados à mesma conta, incluindo tablets e smartphones.

Outra função na versão mais recente do Edge é a transmissão de vídeos do YouTube e outros sites direto para sua TV, caso ela tenha suporte à tecnologia Miracast. Isso também é válido para o aplicativo Filmes e TV, reprodutor nativo de vídeos do Windows 10. E se você estiver usando a versão americana do sistema, o Edge ganhou ainda mais integração com a Cortana, que agora ajuda na leitura de arquivos PDF.

Cortana

Windows 10

Nos PCs, Cortana agora entende anotações feitas à caneta ou com os dedos em telas touchscreens. (Foto: Divulgação/Microsoft)

Já que estamos falando nela, a assistente pessoal do Windows 10 está mais inteligente. Ela agora é capaz, por exemplo, de rastrear ingressos comprados por você e informar os melhores trajetos para o local daquele evento, garantindo que você não chegue atrasado - tem até uma opção para solicitar um carro pelo Uber no Windows. Por fim, outra opção na Cortana é que ela consegue entender anotações por escrito, como datas e endereços, feitas por uma caneta ou dedos na tela (desde que seu PC tenha este recurso), ajudando a montar lembretes.

Lembrando que, por enquanto, a Cortana está disponível nos Estados Unidos, Japão, Austrália, Canadá e Índia. De acordo com a Microsoft, a assistente chega ao Brasil em fase beta no Windows Insiders até o final deste ano.

Segurança

Muitas das novas funções do primeiro grande update do Windows 10 acabam escondidas e centenas de usuários podem ignorar ferramentas bem úteis. Uma delas é a opção "Localizar Meu Dispositivo", que, uma vez ativada, localiza a posição do seu computador e a envia para os servidores da Microsoft. Antes, para conseguir esta funcionalidade, você precisava baixar aplicativos de terceiros que nem sempre ofereciam tanta segurança.

Para ativá-la, vá até Configurações > Atualização e segurança > Localizar Meu Dispositivo. Feito isso, você pode acompanhar a localização do seu aparelho pelo site account.microsoft.com/devices, que mostra o último local conhecido por onde esteve seu PC ou notebook com Windows 10.

Windows 10

Usuários do Windows 10 agora podem localizar seu dispositivo em caso de perda ou roubo. (Foto: Reprodução/Canaltech)

Ainda no quesito segurança, outra novidade simplifica o processo de ativação do Windows 10. Se você tentou fazer uma instalação limpa do Windows 7 ou 8.1 para o novo sistema, provavelmente ficou confuso porque não foi disponibilizada uma chave de produto, como acontecia anteriormente. Tal verificação - ou seja, se sua cópia da plataforma era ou não legítima - era feita pelos servidores da própria Microsoft, que identificavam o hardware no computador e só então liberavam a cópia gratuita do Windows 10.

Caso esse processo tenha dificultado a instalação do Windows na sua máquina, agora basta inserir sua chave de ativação do Windows 7 ou 8.1. Vá em Configurações > Atualização e segurança > Ativação > Alterar chave do produto.

Windows 10

Ativação do Windows 10 agora está mais fácil. Se necessário, basta inserir a chave do produto nas configurações. (Foto: Reprodução/Canaltech)

Para empresas

Fora os usuários finais, a atualização mais recente do Windows 10 também trouxe algumas novidades para o setor corporativo. São dois softwares gratuitos e específicos para esse mercado. O primeiro é o Windows Update for Business, uma versão do Windows Update que permite a distribuição de atualizações escolhidas pelos administradores da rede para cada dispositivo. Já o segundo, o Windows Store for Business, é uma versão da loja do Windows destinada aos usuários empresariais.

Há ainda um recurso chamado Enterprise Mobility Management para facilitar o gerenciamento de tablets e smartphones equipados com Windows dentro das companhias, além do Azure Active Directory Join, que permite acessar vários serviços com apenas um login.

E como instalar?

Meses atrás a Microsoft confirmou que todas as atualizações para Windows 10 serão obrigatórias. Certamente você não deve ter reparado e já pode ter a Threshold 2 instalada no seu PC. Mas caso o update não tenha sido baixado, basta acessar Configurações > Atualização e segurança > Windows Update. Nesta janela haverá um aviso se a sua máquina ainda não está atualizada. O processo leva cerca de uma hora e meia para ser concluído.

A próxima grande atualização para o Windows 10 já tem nome e data para acontecer: se chamará Redstone 1 e está programada para junho de 2016. Até lá, usuários do programa Insider poderão testar as novidades antecipadamente.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.