Artista acusa Microsoft de usar música sem autorização

Por Felipe Demartini | 19 de Julho de 2019 às 16h38
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

O artista de synthwave Dynatron está acusando a Microsoft de usar uma de suas músicas sem autorização. A faixa em questão é Pulse Power, parte do álbum Escape Velocity, que aparece no vídeo de anúncio do Windows 1.11, um aplicativo que simula o velho visual do sistema operacional e foi lançado como parte da divulgação da terceira temporada de Stranger Things.

A parceria com a Netflix traz uma espécie de versão corrompida da plataforma, dando acesso a vídeos e informações sobre o terceiro ano do show. A música em questão não está no aplicativo, mas aparecia de forma proeminente no vídeo de divulgação da iniciativa, que foi publicado em 9 de julho, juntamente com o lançamento em si.

Pelas redes sociais, tanto Dynatron quanto sua gravadora, a Blood Music, expressaram o descontentamento com o uso não licenciado de seus trabalhos. O artista chamou o comportamento de predatório e pediu a atenção dos fãs para o assunto, de forma que eles demonstrassem à Microsoft o seu descontentamento com a utilização irregular da música.

A Microsoft, por outro lado, não se pronunciou sobre o assunto, mas removeu todos os vídeos promocionais de suas redes sociais. O software Windows 1.11, entretanto, continua no ar já que, como dito, não conta com a música que motivou a polêmica.

Fonte: Dynatron (Facebook)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.