Microsoft não tem um "plano B" caso o Windows 8 não agrade

Por Redação | 17.09.2012 às 16:51

A Microsoft já demonstrou estar bem confiante em relação ao lançamento - e ao sucesso - do seu novo sistema operacional, o Windows 8. Mas convenhamos que o mercado não é tão simples assim. Nenhum sucesso é 100% garantido antes que chegue aos consumidores.

Durante uma entrevista ao Seattle Times, o CEO da empresa, Steve Ballmer, esquivou-se quando o assunto foi o "plano B" da gigante da tecnologia caso o Windows 8, e sua interface radicalmente redesenhada, não caísse no gosto do público em geral.

"Você sabe, o Windows 8 vai se sair muito bem", disse Ballmer. Quando questionado se ele não tinha nenhuma dúvida sobre isso, Ballmer disse: "Eu não sou pago para ter dúvidas", antes de dar uma boa risada. Em seguida ele afirmou que não tem nenhuma dúvida, e que o produto é fantástico.

Durante a entrevista, o principal executivo da Microsoft, que tem chamado este ano de "o ano épico da história da Microsoft", falou sobre vários outros assuntos, inclusive sobre a disputa pelo espaço móvel com o Google e seus Androids. Além disso, as empresas também disputam a atração de jovens talentos - principalmente programadores.

"Eu acho que o Google é apenas mais uma empresa grande. Eu não estou dizendo que eles são ruins. Eles são um bom concorrente para o desenvolvimento do talento. Somos uma empresa grande, de bom tamanho, que está fazendo um grande trabalho. O Google é outra grande empresa de tecnologia", disse Ballmer.

Steve Ballmer