Microsoft libera 14 atualizações de segurança para cobrir falhas no Windows

Por Redação | 12 de Novembro de 2014 às 09h45

É normal que as empresas de tecnologia lancem pacotes de atualização para melhorar seus softwares. O principal motivo para que isso aconteça é impedir que defeitos de programação façam com que esses softwares fiquem suscetíveis a invasões. No entanto, a maioria das companhias não costuma lançar vários updates de uma só vez, já que seus produtos (pelo menos em teoria) não são feitos de modo vulnerável.

Para mudar este cenário e surpreender muita gente, a Microsoft liberou de uma só vez 14 pacotes de segurança para tapar falhas em todas as versões do Windows e programas que rodam neste sistema operacional. Essa medida faz parte das melhorias da companhia liberadas para o mês de novembro e bateu todos os recordes de 2013 e 2014 – algo que talvez deixe alguns usuários bastante apreensivos.

Detalhes a serem esclarecidos

De acordo com o que foi divulgado pelo PCWorld, a Microsoft tinha a intenção de lançar mais dois pacotes, mas eles foram marcados como algo a ser visto no futuro. Além disso, quatro das atualizações disponibilizadas foram definidas como críticas – ou seja, são medidas contra falhas que podem ser sérias. Os problemas relacionados ao Windows Object Linking e Embedding dão acesso remoto da máquina a pessoas mal intencionadas, isso quando algum tipo de login é feito no PC atacado.

Com isso, instalações de programas maliciosos podem ser feitos, assim como dados bancários podem ser roubados. Enquanto isso, um terceiro pacote foi desenvolvido para o Internet Explorer, com o objetivo de aumentar a segurança contra sites infectados por vírus. A última medida crítica impede o uso do Microsoft XML Core Services por páginas maliciosas.

As outras medidas de segurança visam impedir que hackers ganhem acesso ao computador das vítimas ao passar pelas barreiras da Microsoft, todas elas classificadas como importantes. Ao que parece, se você realmente deseja proteger a sua máquina da melhor forma possível, é mais do que indicado o download dessas atualizações.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.