Instalação do Windows 8 legaliza versão pirata da versão anterior

Por Redação | 31 de Outubro de 2012 às 16h09

A Microsoft já havia anunciado que aqueles usuários que possuem uma versão pirata dos Windows 7, XP ou Vista não iriam conseguir fazer o upgrade para a nova versão do software. Mas, ao que tudo indica, não é bem isso que está acontecendo.

A ideia era que a atualização para o novo sistema operacional só fosse liberada mediante a verificação do número de série e registro do Windows que já estava instalado na máquina do usuário. Mas muitas pessoas têm relatado em fóruns e redes sociais que estão conseguindo instalar o Windows 8 mesmo possuindo uma versão falsificada na máquina.

A Info divulgou o caso de um usuário que não possuía a versão original do Windows instalada, mas mesmo assim comprou a licença do novo sistema operacional. Na hora da instalação recebeu apenas um aviso da Microsoft dizendo que seu Windows 7 era possivelmente uma falsificação.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

Essa maneira de legalizar a versão pirata está atraindo muita gente, já que o download da atualização para a nova plataforma custa apenas R$ 69 no Brasil. Já aqueles que quiserem comprar o Windows completo na caixinha, para máquinas sem uma versão prévia instalada, precisarão desembolsar R$ 269 nas lojas.

Além disso, caso o usuário não se adapte ao novo sistema, existe a possibilidade de realizar o downgrade para o Windows 7 ou Vista.

Ainda está em dúvida se vai migrar para o novo sistema operacional da Microsoft? Confira nossas primeiras impressões. Talvez as coisas fiquem mais claras depois disso!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.