Estudo aponta que o setor corporativo não pretende migrar para o Windows 8

Por Redação | 22.10.2012 às 15:32

A agência de notícias Reuters divulgou um estudo que apontou uma certa "rejeição" inicial por parte das companhias com o Windows 8. A maioria das empresas disse que não pretende adotar o novo sistema operacional da Microsoft, que será lançado na próxima sexta-feira (26).

Um dos motivos citados pelas empresas é o fato do Windows 8 aparentar ser uma plataforma de consumo, muito mais voltada para os jovens do que para o setor empresarial.

A Reuters também entrevistou alguns analistas, entre eles Michael Silver, da Gartner, que disse que 90% das empresas dispensarão a atualização do sistema corporativo. Segundo ele, apenas cerca de 20% das grandes companhias vão utilizar o Windows 8. O estudo também mostrou que muitas corporações ainda usam a versão do Windows XP, lançada em 2001.

Apesar de tudo, ainda há quem acredite que daqui a algum tempo as empresas vão se familiarizar mais com o novo sistema operacional. "Algumas organizações, quando olharem para os tablets com Windows 8 da Intel, vão gostar porque eles são gerenciáveis", disse Michael Cherry, analista da Directions on Microsoft, uma consultoria independente que ajuda os clientes a compreender a empresa.