Atualização do Windows 7 vem causando problemas; veja como se livrar dela

Por Redação | 15 de Dezembro de 2014 às 10h07
photo_camera Reprodução

Normalmente, a identificação de problemas em um sistema operacional ou atualização é seguida pelo lançamento de um novo patch de correção. O problema é que o update KB3004394 para o Windows 7 está impossibilitando que outras atualizações sejam baixadas. A falha está levando a Microsoft a sugerir que os usuários realizem a desinstalação manual do patch tanto no Windows 7 quanto no Windows Server 2008 R2 SP1, que também está sendo afetado.

A atualização foi liberada para os usuários de ambos os sistemas dia 10 de dezembro. De acordo com a empresa, todos que possuem o sistema de download automático ativado devem ter feito a instalação do patch problemático, que impede o download de novos updates.

Os resultados são tão variados que a própria Microsoft não chegou a detalhá-los. Entre as falhas estariam dificuldades na execução de alguns programas, uma lentidão geral na máquina e, segundo o diretor de marketing da AMD, Robert Hallock, problemas na hora de baixar novos drivers para as GPUs da marca. Estes casos também são esporádicos e podem não atingir todos os usuários.

O que fazer agora?

Para facilitar a vida dos usuários, a Microsoft liberou uma ferramenta dedicada exclusivamente para a remoção da atualização defeituosa. Basta fazer o download do arquivo e executá-lo para que o processo seja feito automaticamente. O único cuidado necessário é na hora de selecionar a versão adequada para seu sistema operacional - se você escolher a errada, o procedimento não vai funcionar.

Desinstalar atualizações

Também é possível realizar a ação de forma manual. Para isso, vá ao Menu Iniciar e acesse o Painel de Controle. Acesse a opção “Programas e Recursos” e, na sequência, escolha o item “Exibir atualizações instaladas” no canto superior esquerdo da tela. Uma lista com todos os updates instalados na sua máquina aparecerá.

Procure pela atualização KB3004394, clique sobre ela e pressiona o botão "Desinstalar" na parte superior da tela. Se você mantém seu computador atualizado, centenas de opções devem aparecer nesta tela, por isso prefira utilizar a caixa de busca no canto superior direito, pesquisando pelo patch em questão, ou a função de organização das atualizações por datas, buscando pelas mais recentes.

De acordo com a Microsoft, o update defeituoso já foi retirado do ar e quem não atualiza a máquina desde o dia 11 de dezembro pode realizar o Windows Update tranquilamente, sem riscos de problemas.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.