Atualização do Windows 10 Mobile expande uso com uma única mão

Por Redação | 15 de Setembro de 2015 às 12h12

Após algum tempo sem atualizações, os usuários da versão prévia do Windows 10 Mobile ganharam nesse começo de semana um novo mimo para brincar. Pedindo desculpas pela demora, a Microsoft liberou a build 10536 do sistema operacional, que traz como grande novidade a introdução do modo One Hand, que, como o nome já diz, permite que o celular seja usado com apenas uma mão.

A funcionalidade, na realidade, nem é nova, mas agora fica disponível para todos os modelos de smartphones, mesmo aqueles com telas menores, que, em teoria, nem mesmo precisariam dela. A ideia é simples: pressionar o botão Windows faz com que as informações passem a ocupar apenas a metade inferior do display, permitindo que o dedão seja usado como o único método de entrada de texto ou cliques.

Windows 10 Mobile One Hand Mode

É uma ação bastante simples, voltada para os momentos em que o usuário está bastante ocupado ou, por qualquer motivo, não pode dispor das duas mãos para utilizar o aparelho. A função caiu nas graças dos membros da comunidade de testes quando foi liberada para dispositivos de telas maiores, o que motivou a Microsoft a expandir esse suporte agora a todos os aparelhos.

Mas essa não é a única novidade da mais recente atualização. Mudanças no aplicativo de fotos também foram realizadas, permitindo que os usuários vejam, em uma mesma tela, as imagens armazenadas em diversas fontes. A organização por pastas pode ser feita a partir de mecânicas básicas, que dividem os arquivos entre aqueles armazenados na memória, no cartão SD e na nuvem. A partir daí, ficou mais fácil criar hierarquizações e dividir tudo em mais diretórios.

A novidade, inclusive, deve chegar também ao app de fotos do Windows 10 nos computadores, juntamente com as melhorias nos processos de zoom e visualização das fotos. Aqui, mais uma vez, temos uma experiência integrada, que será bastante similar independente de dispositivo, de forma a se tornar um padrão para a Microsoft.

Por outro lado, a atualização também tem seus problemas. Os usuários do Lumia 1020, por exemplo, ainda não podem aproveitar plenamente a câmera de 41 megapixels do dispositivo, pois o app Lumia Camera ainda não está disponível para o Windows 10 Mobile. Problemas de conexão Wi-Fi ou bugs no update também acontecem aqui e ali, como se espera das versões de testes.

Com tudo isso, a Microsoft mostra ainda estar um pouco longe de uma versão final. Para cada nova funcionalidade adicionada – e comemorada –, chegam também uma série de problemas e bugs que precisam ser solucionados. Após o lançamento do Windows 10 para computadores, o ritmo de atualizações nos celulares havia sido drasticamente diminuído, provavelmente para focar na versão PC. Agora que ela está estabelecida, porém, é possível que a empresa volte a focar em sua oferta móvel.

Fontes: Microsoft, Slash Gear