Windows Phone estagnou na Europa no último trimestre, afirma pesquisa

Por Redação | 27 de Janeiro de 2014 às 18h03

Após a Nokia anunciar na semana passada que a venda de smartphones com Windows Phone caiu 21% no último trimestre de 2013, agora é hora da finlandesa admitir que os dispositivos encalharam na Europa naquele período.

De acordo com um relatório publicado pela Kantar World Panel Comtech, o sistema operacional da Microsoft enfrentou várias dificuldades para vender no último trimestre na Europa e, após um crescimento surpreendente durante todo o ano, estacionou em 10% de participação do mercado. Apesar do sistema ter ganhado terreno em relação ao ano passado nos cinco maiores mercados do velho continente (Alemanha, Reino Unido, França, Itália e Espanha), ele permaneceu estagnado numa comparação trimestral feita pela consultoria especializada.

"O Windows Phone manteve uma participação de mercado de três dígitos pelos últimos três meses. Mas infelizmente a Nokia só vem alcançando crescimento de 3% nos últimos anos, o que não é suficiente para fazê-la recuperar seu dinheiro. O desempenho dela foi desapontador no fim de 2013, principalmente em mercados importantes como a China, EUA e América Latina", disse o diretor de análises estratégicas da Kantar, Dominic Sunnebo.

PECHINCHAS, CUPONS, COISAS GRÁTIS? Participe do nosso GRUPO DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O relatório da Kantar mostra que a Nokia e o Windows Phone foram responsáveis por 5,9% das vendas de smartphones na Alemanha, 11,3% no Reino Unido, 11,4% na França, 17% na Itália e apenas 5,6% na Espanha. Toda a Europa é dominada por dispositivos Android, responsáveis por 68,6% das novas vendas registradas no mercado, enquanto o iOS e a Apple registraram 18,5% do total de vendas.

Nos EUA, o desempenho do Windows Phone nos últimos meses do ano passado foi tão decepcionante quanto na Europa: apenas 4,3% dos smartphones vendidos por lá foram Windows Phone. O Android foi responsável por 50,6% das vendas, enquanto o iOS foi levado para a casa de 43,9% dos consumidores.

Leia também: Microsoft garante que todos os seus aparelhos atuais terão acesso ao WP 8.1

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.