Windows Phone 8.1 é lançado para desenvolvedores, mas você já pode baixá-lo

Por Redação | 14 de Abril de 2014 às 09h23

O Windows Phone foi atualizado pela última vez há 18 meses, mas no mês passado a Microsoft anunciou a nova versão do sistema operacional móvel, o Windows Phone 8.1. Nesta segunda-feira (14), a empresa liberou o sistema para desenvolvedores de aplicativos, mas se você está curioso para conferir os novos recursos como a Cortana e a Central de Ações, há uma maneira bem simples de obtê-lo.

Para quem é um desenvolvedor cadastrado, basta ir até a seção de atualizações do aparelho. Caso você não seja um desenvolvedor (o que provavelmente é o caso), vá ao site do Windows Phone App Studio, entre com sua conta da Microsoft e crie um projeto. O processo é gratuito.

Após isso, você deve fazer o download de um aplicativo especial de pré-visualização no seu Windows Phone 8 e entrar com sua conta da Microsoft para habilitar o aparelho a detectar a atualização para o Windows Phone 8.1 nas configurações do sistema.

Assista Agora: Saiba quais são os 5 maiores problemas das empresas brasileiras e comece 2019 em uma realidade completamente diferente.

Vale ressaltar que, ao efetuar a atualização, a garantia do seu aparelho será perdida até que a atualização seja disponibilizada oficialmente pelo fabricante ou operadora. Além disso, ao que tudo indica, todas as personalizações serão apagadas.

Importante: caso você tenha algum problema com a nova versão, não será possível voltar para a versão anterior do Windows Phone. Não nos responsabilizaremos por algum eventual dano ao seu aparelho, portanto faça a atualização por sua conta e risco.

Além disso, a maioria dos novos recursos estará disponível para todos os usuários, mas a Cortana, por enquanto, funcionará apenas nos Estados Unidos. A Microsoft prometeu incluir o Reino Unido e a China a partir do segundo semestre deste ano e não há informações sobre o Brasil. Porém, é possível burlar a localização e configurar o aparelho como se estivesse em alguma cidade norte-americana, mas algumas funcionalidades que dependem de localização não funcionarão.

Outro ponto é que a personalização da tela de bloqueio também não está presente na versão de testes para desenvolvedores.

Caso já tenha atualizado para a nova versão, não deixe de compartilhar conosco sua experiência de uso nos comentários abaixo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.