Windows 10 Mobile permitirá melhores especificações técnicas para smartphones

Por Redação | 20 de Março de 2015 às 12h22

Durante a conferência WinHEC, em Shenzhen (China), a Microsoft anunciou que o Windows 10 para dispositivos móveis vai suportar processadores mais rápidos, mais memória RAM e resoluções de tela mais altas do que os atuais Windows Phone são capazes.

Como já foi dito anteriormente, o Windows 10 terá duas versões: uma mobile para smartphones e tablets com telas iguais ou inferiores a 8 polegadas e uma versão para desktops com telas de 7 polegadas ou mais. A versão intitulada apenas como "mobile" chega para substituir o Windows Phone, que sempre foi muito limitado em termos de suporte a hardware – não é coincidência que o Windows Phone atualmente só trabalhe com processadores Qualcomm Snapdragon, pois ele simplesmente não suporta nenhum outro chip – e as fabricantes aguardam mudanças por parte da Microsoft antes de equipar seus dispositivos com novos processadores e altas resoluções de tela. Finalmente o Windows 10 irá permitir isso.

A nova versão do sistema operacional da empresa de Redmond vai oferecer suporte a uma gama mais ampla de SoCs. A lista de chips suportados contará com Snapdragon 810, 808, 615, 210 e 208. O Snapdragon 810, por exemplo, é um processador octa-core de 64 bits com quatro núcleos Cortex-A57 e mais quatro Cortex-A53. Atualmente, todos os modelos de Windows Phone são restritos a 32 bits. Os processadores da Intel Atom x3, x5 e x7, bem como os Carrizos da AMD, também serão suportados pelo Windows 10.

Os Windows Phone disponíveis atualmente no mercado contam com resolução máxima de 1.920 x 1,080 pixels. O novo Windows 10 Mobile amplia consideravelmente as opções dos fabricantes, pois inclui suporte para 1.440 × 900, 1.920 × 1.200, 2.048 × 1.152, 2.560 × 1.600 e 2.560 × 2.048 e superiores.

Embora essas mudanças possam não ter um grande impacto no segmento low-end, o simples fato de ter a opção de suporte a LTE já será um grande update para os smartphones mais baratos. As novas especificações também farão com que os dispositivos equipados com Windows tenham a chance de bater de frente com aparelhos Android. Boa notícia para quem gosta do sistema operacional móvel da Microsoft.

Via ArsTechnica

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.