Sony pode lançar smartphones com Windows Phone em 2014

Por Redação | 02.01.2014 às 16:10

Há algum tempo, surgiu um rumor na internet de que a Nokia planeja lançar seu primeiro smartphone equipado com o sistema operacional Android. O aparelho até teria recebido o codinome "Normandy" e viria com uma versão diferenciada do software do Google, como já acontece no leitor digital Kindle, da Amazon. Agora, uma outra empresa que fabrica celulares também estaria prestes a "mudar de time" e diversificar o sistema de seus dispositivos.

De acordo com o site The Information, a companhia em questão é a Sony, que deve anunciar ainda em 2014 os primeiros smartphones com Windows Phone, o sistema operacional móvel da Microsoft. As duas empresas já estariam em negociações para tornar o projeto realidade, mesmo depois da Nokia ser comprada pela gigante de Redmond, como informa o The Verge.

Vale lembrar, contudo, que a Sony chegou a lançar dois modelos de celulares com Windows Phone em 2009: o Sony Erisson Xperia X1 e o Sony Ericsson Xperia X2, mas nenhum obteve o sucesso da linha Lumia, da Nokia. A finlandesa, hoje, domina 92% do mercado do Windows Phone - o Lumia 520 é o smartphone mais popular com o sistema (39,3%). Outro motivo é que a Sony quer se afastar um pouco do universo Android dominado principalmente pela Samsung, que tem uma grande variedade de produtos equipados com o sistema.

Além disso, a Microsoft quer atrair mais empresas para investir no Windows Phone, entre elas a chinesa ZTE, que poderia usar o Windows Phone em aparelhos de entrada para os continentes europeu, asiático e americano. Isso pode ser um sinal de que a Microsoft, mesmo após adquirir a divisão de celulares da Nokia, não quer manter uma exclusividade com a finlandesa.

O The Information ainda revela que a companhia de Bill Gates planeja cortar os custos de licenciamento do sistema para incentivar outras organizações a lançar novos dispositivos com o sistema operacional. Este, inclusive, foi um dos últimos rumores do ano de 2013, quando fontes disseram ao The Verge que o Windows Phone e o Windows RT (para tablets) seriam oferecidos gratuitamente para os fabricantes de tablets e smartphones.

De qualquer maneira, não é surpresa que a Sony e outras companhias queiram investir no sistema móvel da Microsoft já a partir de 2014. O levantamento mais recente da IDC mostra que a plataforma cresceu 156% ao longo de 2013 e conquistou espaço em vários países da Europa, onde o software já chegou a 10% do mercado. O Windows Phone é o terceiro sistema operacional móvel mais usado no mundo (3,6%), logo atrás do iOS da Apple (12,9%) e do Android (81%).