Microsoft quer colocar Windows Phone em smartphones Android da HTC

Por Redação | 04.10.2013 às 12:19

A Microsoft está tentando convencer a HTC a adicionar o Windows Phone em seus dispositivos baseados na plataforma Android por um custo baixo ou inexistente para o licenciamento da plataforma, de acordo com fontes do Bloomberg.

O site afirma que Terry Myerson, chefe do Windows Phone na Microsoft, pediu à HTC no mês passado que a empresa carregasse o Windows Phone como segunda opção em celulares com o rival Android. Para isso, a Microsoft estaria considerando diminuir os custos ou até cortar totalmente o valor de licenciamento do seu sistema.

As empresas ainda estariam em negociação e nenhum acordo ainda foi feito. A estratégia seria uma maneira de poder voltar a contar com a HTC como uma de suas principais parcerias, já que a empresa não lançou novos aparelhos com Windows depois do HTC 8X e HTC 8S.

Myerson deve fazer uma viagem até a Ásia para se encontrar com executivos da empresa de Taiwan e discutir sua proposta, segundo as fontes anônimas.

Microsoft busca parceiros

A Microsoft sabe que precisa de novos parceiros se quiser aumentar a pequena participação do Windows Phone no mercado. Atualmente, a Nokia é a única grande fabricante realmente investindo na plataforma. Com a aquisição da empresa finlandesa, a Microsoft precisa mostrar para as demais fabricantes que ainda está disposta a continuar suas parcerias normalmente.

Outras empresas que lançaram Windows Phones no passado, como a LG, ZTE, Huawei e a própria HTC, hoje dão prioridade clara ao sistema operacional do Google, o Android.

Os detalhes sobre a possível parceria com a HTC ainda são confusos. Não sabemos se o sistema será oferecido como um "Dual-boot", onde o usuário poderá escolher iniciar com Windows Phone ou Android em um mesmo aparelho, ou se a Microsoft deseja que a HTC lance versões dos aparelhos Android, com mesmo hardware, mas apenas com sua plataforma.

Windows Phone e HTC lutam contra concorrência

O Windows Phone tem atualmente apenas 3,7% de marketshare, segundo dados da IDC. Enquanto isso, o Android domina com 79% de participação de mercado, enquanto o iOS fica em segundo lugar com 13%.

Já a HTC também não vem conseguindo enfrentar a concorrência de Apple e Samsung e deve registrar um grande prejuízo nesse trimestre, pela primeira vez desde que a empresa se tornou pública em 2002. Nem mesmo o ótimo HTC One foi capaz de trazer a empresa de volta aos seus bons tempos.

Como resultado, a cotação de mercado da HTC já caiu cerca de 90% nos últimos dois anos, atingindo seu menor valor nos últimos oito anos de empresa.