Novo Google Glass é remodelado para atender a funcionários de fábricas

Por Redação | 18.07.2017 às 14:01
photo_camera Divulgação

Depois de ter sido completamente descontinuado pela gigante das buscas, o Google Glass finalmente retorna. Mas, diferente do que muitos esperam, agora o wearable é disponibilizado em uma versão chamada de Enterprise Edition (EE), ou seja, voltada para funcionários do setor industrial e profissionais de saúde.

Esta nova versão dos óculos inteligentes oferece algumas melhorias em suas específicações técnicas em comparação com o seu primeiro modelo, substituindo a camera de 5 megapixels por uma de 8 megapixels. Além disso, o novo Glass também conta com processador e adaptador de rede Wi-Fi mais modernos, bem como uma bateria com maior autonomia e um led, que sinaliza quando uma gravação de vídeo estiver em andamento.

O Google Glass EE foi disponibilizado apenas para algumas empresas nos EUA, como a AGCO, a DHL, a GE e a Sutter Health. Em vez de servir como um gadget para pessoas comuns, o wearable possui a principal função de aumentar a produtividade de operários por meio das soluções tecnológicas oferecidas pelo Glass.

Os novos recursos dos óculos integentes incluem comandos de voz para ativar funcionalidades e aplicativos, uma tela um pouco maior para exibir vídeos ou imagens, documentos, manuais, listas de tarefas, bem como a possibilidade de integrar melhor as instruções dadas aos funcionários.

Apesar de anunciar que pretende firmar novas parcerias com outras companhias, a Alphabet X não especificou quais seriam os critérios para participar de seu projeto de distribuição do aparelho, muito menos sobre qual seria o valor da nova versão do Google Glass.

Fonte: Wired, Blog X Company