Google pode estar testando nova versão do Glass

Por Redação | 03 de Julho de 2015 às 12h03
photo_camera Divulgação

E existiram boatos de que ele estava na pior. Depois de analistas e especialistas de mercado darem o projeto Google Glass como morto e desenvolvedores afirmarem que ele havia perdido todo o apoio dos produtores de software, surge a informação de que uma nova versão do gadget não apenas estaria em desenvolvimento, como já seria objeto de testes pelo FCC, o equivalente americano à Anatel brasileira.

O produto estaria passando pelas experimentações sob o código A4R-GG1, o que não ajudou muito para evitar a descoberta da aplicação. Os testes permitem que as autoridades componentes determinem se eletrônicos que emitem ondas de rádio são seguros para serem usados na presença de humanos, além de versar sobre elementos técnicos como o posicionamento da etiqueta que confirma a aprovação pelo FCC.

E foi justamente aí que apareceram os indícios de que o novo Glass – que já está sendo chamado de Google Glass One – está sendo testado. Fazendo uso de um ato legal instituído em 2014 como forma de evitar pequenos vazamentos, as empresas podem criar uma etiqueta virtual dentro do software de seus dispositivos. No produto em questão, ela aparece em um display retangular próximo aos olhos do usuário, que permite que ele faça o scroll lateral, como nos óculos inteligentes do Google.

A descoberta de um processo de análise desse tipo pode indicar que o novo gadget pode já ter passado de sua fase de protótipo estar prestes a seguir para testes fechados, mesmo que apenas com desenvolvedores, o que requer uma aprovação desse tipo. Por outro lado, os documentos não revelam nada sobre o produto em si, além de sua existência e o fato de que ele suporta diferentes frequências de Wi-Fi, além de conexões por Bluetooth.

Apesar de muita gente já ter dado o Google Glass como morto, o diretor da empresa, Eric Schmidt, já negou tais afirmações mais de uma vez. Embora tenha admitido que a primeira versão do produto não agradou tanto assim, ele afirmou que a empresa estava disposta a rever o projeto e aplicar as críticas de early adopters e outros entusiastas em novas versões do aparelho.

Além disso, vale lembrar as parcerias com grandes marcas de óculos que prometem transformar o equipamento em mais do que um produto tecnológico, levando-o também para as prateleiras fashion e atraindo toda uma gama de novos usuários. Aqui, marcas como a Luxxotica, uma grife italiana de óculos de luxo, também já afirmaram que uma nova versão do Glass estaria a caminho.

Por enquanto, nada de confirmado além do fato de que o Google tem um produto novo em testes pelo FCC, e tudo indica que se trata de um novo Glass. A verdade, porém, teremos que esperar um pouco mais para que seja revelada.

Fontes: Droid Life, The Verge

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.