Apple Watch pode ganhar app nativo para monitoramento de sono em 2020

Por Wagner Wakka | 26 de Fevereiro de 2019 às 15h40
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Apple Watch Series 4 (44 mm)

Ficha técnica

O Apple Watch tem várias funcionalidades de saúde, inclusive a mais recente adoção do sistema de eletrocardiograma simples e reconhecimento de tombos do Series 4. Contudo, ainda apanha em uma função: acompanhamento de sono. Segundo a Bloomberg, uma pessoa próxima do projeto informou que a Apple está produzindo um app nativo com esta função que deve chegar em 2020, com um novo modelo do vestível.

Além do preço, a falta de um app nativo de sono é uma dos principais argumentos de venda de seus concorrentes, como o Ionic da Fitbit, os quais são capazes de oferecer dados considerados precisos sobre uma noite de sono do usuário.

Atualmente, apps de desenvolvedores terceirizados já são capazes de usar a tecnologia do Apple Watch para levantar este tipo de dado, o que levanta ainda mais o questionamento do porquê não haver um programa nativo para o produto.

O principal motivo disso, segundo questionamentos levantados pelo Ars Technica, seria que a opção derrubaria a autonomia de bateria do aparelho, o que a Apple não gostaria que acontecesse.

Assim, sendo, é possível que o Apple Watch novo possa vir com uma bateria mais robusta para aguentar esta nova funcionalidade de forma padrão. Outra proposta seria fazer com que o acompanhamento do sono funcione em modo de baixa potência, economizando a bateria do aparelho.

Nos apps terceiros que já fazem esta função no Watch, o usuário precisa recarregar todo o aparelho pela manhã depois de usar o monitoramento pela noite. A maioria dos Apple Watches aguenta um dia inteiro de bateria, sendo que é recomendável deixar no carregador pela noite.

Para fazer uma medição acurada, contudo, é preciso que o aparelho fique monitorando batimentos cardíacos durante toda a noite. Essa é a principal função que deve derrubar a bateria em momentos de sono.

A fonte da Bloomberg não precisou como a Apple pretende fazer para lançar um aparelho melhor preparado para este tipo de função. Vale lembrar que a Maçã ainda não anunciou planos de um novo modelo.

Apple Watch Series 4 é capaz de fazer exames de ECG (Foto: Divulgação/Apple)

Lançado no ano passado, o Apple Watch Series 4 chegou com chip mais potente e com eletrodos capazes de fazer um exame de eletrocardiograma simples, app que só chegou aos Estados Unidos e meses depois do lançamento do produto. Ainda, ele é capaz de reconhecer se o usuário levou um tombo e chamar socorro automaticamente, função que fica ligada por padrão caso a pessoa indique que é idosa.

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.