Perdeu a graça? Google Glass não será mais vendido em lojas físicas

Por Redação | 24 de Novembro de 2014 às 18h03
photo_camera Divulgação

Embora tenha se destacado como um dos produtos mais cobiçados do mundo high-tech dos últimos anos, será que o Google Glass está perdendo o fôlego que tinha desde a época em que foi apresentado? Ao que parece, sim, já que a empresa anunciou o fechamento das lojas físicas que vendem o aparelho. As informações são do Business Insider.

Para quem esperava ver várias lojas do Google Glass fechadas ao redor do mundo, o anúncio pode não ser tão impactante, pois só existiam quatro cidades que contavam com elas: Los Angeles, São Francisco, Nova York e Londres.

Antes considerado um dos itens mais promissores para o futuro, o Glass perdeu seu entusiasmo. Se antes várias empresas mostraram interesse pela novidade, agora perderam a empolgação em trabalhar com o dispositivo. O Twitter, por exemplo, encerrou o suporte ao gadget e não tem mais aplicativos compatíveis com os óculos. Outras nove empresas que desenvolviam aplicações para o gadget afirmaram que interromperam ou abandonaram suas ideias para o produto sob a justificativa de que falta público para o aparelho.

No entanto, um forte indicativo de que o acessório perdeu o gás vem do próprio Google. Como lembra a Reuters, Sergey Brin, cofundador da companhia e um dos responsáveis pelo projeto, não é mais visto usando os óculos publicamente - desde 2012, o executivo equipava o acessório em quase todas as aparições que fazia.

Além disso, o consumidor parece não estar mais tão interessado no dispositivo por duas razões. A primeira é o lançamento do gadget, que foi adiado de 2013 para 2014, e agora tem previsão para chegar no ano que vem, sem data oficial definida. O segundo motivo é que alguns usuários que adquiriram o produto por US$ 1.500 estão vendendo seus óculos no eBay por menos da metade do preço original.

E agora? Qual será o futuro do Google Glass agora que, aparentemente, perdeu seu brilho?

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.