Locais públicos já começam a vetar o Google Glass antes mesmo dele ser lançado

Por Redação | 15 de Abril de 2013 às 18h22
photo_camera DVice

O novo dispositivo do Google, o Google Glass, tem o objetivo de revolucionar a forma como nos relacionamos com a tecnologia e tornar ainda mais prático o acesso a fotos, vídeos, mapas, contatos entre outras funções presentes em dispositivos móveis como smartphones e tablets. No entanto, antes mesmo de chegar ao mercado mundial, muitos estabelecimentos e sindicatos já se preparam para proibir o uso dos óculos inteligentes.

A facilidade de ter uma câmera acoplada aos seus óculos e que te permite tirar fotos e gravar vídeos no momento exato em que alguma ação está acontecendo pode ser incrível para muitos usuários, mas também poderá trazer muitos problemas para o Google. Lugares como cinemas, bares, bancos, cassinos e casas de strip já se preparam para impedir o uso do Glass - notícia não muito surpreendente, pois nesses locais o uso de câmeras fotográficas, por exemplo, já é proibido.

"Tirar fotos não é permitido, e agentes de segurança de plantão pedem para que os visitantes não tirem fotos para proteger a privacidade das outras pessoas no cassino. Este produto não traz nenhum desafio novo para nós, porque, há anos, minúsculas e discretas câmeras já estão disponíveis no mercado", afirmou ao NBCNews um porta-voz do MGM Resorts.

Ainda de acordo com a reportagem do NBCNews, muitos estabelecimentos nos Estados Unidos se preparam para evitar que o Google Glass seja usado em larga escala e seu uso será monitorado, com medidas de segurança sendo aplicadas se necessário. Confira abaixo uma lista com os seis locais que irão proibir o uso do Google Glass:

1. Bares

5 Point Café EUA
Foto: Divulgação

O primeiro estabelecimento que informou publicamente que tem planos de proibir o uso do Glass foi o bar 5 Point Café, em Seattle, Estados Unidos. Após o anúncio, outros donos de bares afirmaram que também deverão seguir o exemplo do 5 Point Café e irão banir o Glass, alegando que os usuários do dispositivo poderão tirar fotos de pessoas sem autorização, gerando problemas de privacidade.

2. Clubes de strip

O clube Sapphire Gentlemen's Club, de Las Vegas, afirmou que pedirá para verificar os óculos dos visitantes antes de entrarem no estabelecimento e, se caso alguém for pego tirando fotos ou filmando com o Glass, os seguranças seguirão as normas para câmeras de qualquer tipo: pedir que os clientes tirem os óculos ou expulsá-los do local.

3. Cassinos

Os donos de cassinos afirmam que o uso de câmeras não é permitido dentro da área de jogos para proteger a privacidade de seus visitantes. Com relação ao Glass, muitos acreditam que os óculos poderão ser usados por pessoas com más intenções para vencer de forma ilegal nos jogos e competições.

4. Cinemas

Cinema
Reprodução: UFSM

Nos cinemas, empresas alegam que os óculos poderão ser usados para gravar ilegalmente os filmes e vender cópias piratas.

5. Parques e bancos

Os parques e instituições bancárias dos Estados Unidos também afirmaram que irão acompanhar todos os detalhes acerca do lançamento do Google Glass, já que acreditam que seu uso também poderá ferir a privacidade de outras pessoas.

6. Carros

Carros estrada
Reprodução: R7

No estado norte-americano da Virgínia, um novo projeto de lei proíbe o uso do Google Glass por motoristas enquanto dirigem, bem como de outros acessórios intitulados 'head wearable devices'.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!