Google pede que produção do Glass seja acelerada, afirma Financial Times

Por Redação | 30 de Outubro de 2013 às 10h47

O Google Glass está entre os gadgets mais aguardados dos últimos anos. E mesmo com o alarde realizado pela empresa de Mountain View, até o momento, não existe nenhuma data oficial de lançamento. Surgiram até mesmo rumores sobre uma loja flutuante do aparelho, mas a empresa confirma nada oficialmente.

De qualquer forma, como dizem por aí: onde há fumaça, há fogo, e essa semana o Financial Times publicou uma matéria informando que a empresa está acelerando a fabricação do dispositivo, o que pode permitir o lançamento de "dezenas de milhares" de novas unidades. O Google, aliás, parece possuir planos de lançar mais um carregamento da versão "Explorer", modelo voltado para desenvolvedores e pessoas interessadas em levar pra casa uma versão de teste. O valor dessa peça é de U$1500, mas até agora, somente pessoas convidadas podem efetuar a compra.

Aí entra outra informação do Financial Times: existe a possibilidade dos proprietários do Glass serem liberados para convidar alguns amigos para participar do projeto, uma forma de alcançar um público ainda mais amplo. De qualquer maneira, nada está certo sobre o lançamento do produto para o mercado comum, apenas especulações de que a peça deverá estar no mercado no início de 2014. Por enquanto, para nós meros mortais, só resta esperar.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.