Google envia convites a desenvolvedores para melhorar o Glass

Por Redação | 26 de Novembro de 2013 às 14h34
photo_camera Divulgação

Quem é desenvolvedor e quer ajudar o Google a criar novas ferramentas, esta pode ser a chance ideal. A empresa começou a enviar convites para programadores e criadores de aplicativos, incentivando-os a comprar o Google Glass. O dispositivo custa US$ 1.500 (cerca de R$ 3.200).

Segundo o Venture Beat, o objetivo é expandir o Programa Explorer, que ainda tem um número pequeno de usuários. No e-mail (foto abaixo), a companhia pede que os desenvolvedores se juntem ao time de pessoas que estão ajudando a aperfeiçoar o dispositivo antes do lançamento a todos os usuários. Os óculos de realidade aumentada estavam previstos para chegar ao mercado ainda este ano, mas foram adiados para 2014 por conta do aprimoramento de ferramentas disponíveis no gadget.

Google Glass - convite desenvolvedores

Na última terça-feira (19), o Google promoveu o lançamento do Glass Developer Kit (GDK), um kit de desenvolvimento para desenvolvedores que concede acesso total a partes que antes eram bloqueadas no Glass. Com a nova ferramenta – que substitui a Mirror API –, os desenvolvedores podem criar apps que funcionem mesmo no modo offline ou que utilizem apenas outros recursos do gadget, como aceletrômetro e GPS. Um desses aplicativos é o Word Lens, que traduz instantaneamente placas, faixas e frases de um idioma para outro.

Isso tudo indica que, apesar de ainda não ter uma data definida para chegar às lojas no ano que vem, o Google Glass está em fase final de testes. No mês passado, a gigante de Mountain View abriu inscrições para que qualquer usuário que tiver interesse se cadastre para ter a chance de testar os óculos. A previsão é que, após o lançamento, o Glass venda 21 milhões de unidades por ano até 2018.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.