Google Glass está à venda novamente para todos por US$ 1.500

Por Redação | 14.05.2014 às 09:08
photo_camera Divulgação

Se você é um dos usuários que ainda não conseguiu um Google Glass, esta é a sua chance. A gigante de buscas colocou novamente à venda seus óculos inteligentes, agora por tempo indeterminado. Isso significa que qualquer pessoa pode adquirir uma unidade do acessório e ajudar no desenvolvimento e feedback do dispositivo, que deve chegar oficialmente às lojas no final de 2014.

O Google deixa claro que a versão do Glass vendida atualmente é a do Programa Explorer, ou seja, a que está em fase de testes. Para adquiri-lo, o processo continua o mesmo: é preciso pagar US$ 1,5 mil (pouco mais de R$ 3 mil na cotação atual, sem impostos) pelo aparelho e retirá-lo pessoalmente nos Estados Unidos. A compra é efetuada pelo site oficial do produto, que só está disponível para quem mora em território norte-americano. Usuários de outros países que tentarem acessar o site serão direcionados para a página de cadastro do Programa Explorer.

Outro detalhe é que, como o Google Glass ainda está em fase beta, muitas funções não estão prontas e outras podem operar com lentidão ou problemas de rede, já que a maioria dos aplicativos funciona de forma inacabada ou indisponível. Dessa forma, os sortudos que adquirirem uma unidade do aparelho não devem criar grandes expectativas, pois não será uma experiência perfeita. Além disso, quem ficar insatisfeito pode devolver o gadget intacto dentro de um período de 30 dias de uso.

"Nossa esperança é trazer o Glass para novos 'Exploradores', como médicos, amantes dos esportes, varejistas online, cozinheiros e viajantes que (como você) podem testar [o acessório] desde o início e nos ajudar a torná-lo ainda melhor em nosso teste aberto. Esses são tempos animadores e estamos felizes de ter você conosco mantendo o feedback", disse a equipe do Glass na rede social Google+.

Para marcar o início das vendas do Google Glass, a empresa divulgou um vídeo agradecendo aos usuários que já participam do Programa Explorer. Assista:

Em todo o caso, a ação do Google de aumentar o número de utilizadores do Glass é um forte indício de que o gadget está próximo de ser lançado em sua versão final. Há cerca de um mês a companhia colocou à venda uma quantidade limitada de unidades do acessório, que se esgotaram em poucas horas. Anteriormente, no final do ano passado, a empresa disponibilizou 8.000 aparelhos e autorizou que pessoas que já possuíam o dispositivo convidassem um amigo para ganhar os óculos gratuitamente.

Atualmente, o Glass está sendo testado por médicos, desenvolvedores, celebridades, funcionários do próprio Google e por usuários que se cadastraram no Programa Explorer. Segundo um levantamento recente da empresa de pesquisas BI Intelligence, logo após seu lançamento, o aparelho deve vender cerca de 21 milhões de unidades por ano até 2018.

Aqui no Brasil, os óculos inteligentes do Google ainda não têm data para chegar. Mas o Canaltech já experimentou o aparelho. Será que ele é tão promissor assim? Veja no vídeo abaixo: