Transmissão ao vivo do espaço que viralizou no Facebook é falsa

Por Joyce Macedo | 27.10.2016 às 13:19
photo_camera NASA/ESA

Uma página do Facebook pode ter enganado milhões de pessoas na última quarta-feira (26) – e talvez até mesmo você tenha caído nessa. Uma transmissão ao vivo que mostrava astronautas fazendo manutenção fora da Estação Espacial Internacional (ISS), e trazia belas imagens do nosso planeta azul visto do espaço, na verdade era uma reprodução de um vídeo transmitido pela NASA há três anos.

A página UNILAD, responsável pelo live, conseguiu atingir quase 20 milhões de visualizações e 214 mil compartilhamentos na suposta transmissão. No entanto, um porta-voz da NASA disse ao site Mashable que nenhum astronauta estava realizando reparos na parte externa da ISS ontem.

UNILAD

Falsa transmissão ao vivo do espaço viralizou no Facebook ontem (26)

As dúvidas quanto à veracidade das imagens começaram a surgir quando nenhuma informação oficial sobre o "passeio espacial" foi encontrado no site da NASA. Além disso, o vídeo foi considerado extremamente parecido com uma live realizada pela ISS em 2013, quando dois astronautas russos carregaram a tocha olímpica dos Jogos de Inverno de Sochi para fora da Estação.

A BBC News entrou em contato com a página UNILAD para saber por que eles haviam publicado as imagens antigas como uma transmissão ao vivo. Os responsáveis disseram que estavam apenas" testando a capacidade de alcance do recurso".

O vídeo também foi publicado por outras páginas com números expressivos de views, como a Viral USA, que alcançou a marca de 28 milhões de visualização e mais de 530 mil compartilhamentos em sua transmissão "ao vivo".

Viral USA

Você viu essa transmissão passando pela sua timeline ontem (26)?

Se você não quiser mais ser enganado por terceiros que querem acumular muitos views e curtidas, fique de olho site oficial da NASA. Normalmente, a Agência transmite as aventuras espaciais dos seus astronautas. Além disso, sempre podemos ver belas imagens da Terra graças às quatro câmeras de alta definição instaladas no exterior da Estação Espacial.

Fontes: BBC News e Mashable