Menino de nove anos de idade cria seu próprio fliperama, tudo com papelão

Por Ultra Downloads | 19.04.2012 às 09:00
caine´s arcade

Com apenas nove anos, Caine Monroy utilizou um espaço na loja de peças automotivas do seu pai, em Los Angeles, para montar sua própria loja de fliperamas.

Mas eu digo montar no sentido literal da palavra, ele construiu todas as "máquinas" utilizando pedaços de papelão, fita adesiva, tesoura e muita criatividade! No Caine´s Arcade, nome dado ao empreendimento do garoto, existe diversos tipos de joguinhos como, por exemplo, mini-basquete e até mesmo aquela máquina de agarrar ursinhos ou qualquer outro prêmio (elas sempre me lembram "O Gaaaarra", de Toy Story), tudo criado pelas mãos do proprietário do negócio, Caine.

Por US$ 1 os visitantes podem ter quatro rodadas de jogo, ou, por US$ 2, podem obter um Fun Pass com direito a 500 rodadas. Apesar da ideia genial do garoto, sua lojinha de arcade não ia muito bem das pernas, até que um belo dia o cineasta Nirvan Mullick entrou na loja do pai de Caine procurando um puxador para o seu Corolla e deu de cara com todas aquelas caixas de papelão transformadas e não resistiu, foi jogar algumas partidinhas.

Por ser o primeiro cliente do salão de jogos e também por ficar impressionado com a ideia do garoto, Nirvan decidiu fazer uma surpresa e ajudá-lo a tornar seu arcade mais popular e, através do Facebook, organizou um flash mob para levar uma série de pessoas para conhecer o Caine´s Arcade, com direito a cartazes e trilha sonora especial. Confira:

A história se transformou em um vídeo que bateu a marca de dois milhões de acessos e foi considerado "um dos vídeos mais sensíveis do ano". Mas não parou por aí, uma conta do PayPal foi criada e através do site oficial é possível fazer doações para ajudar a bancar os estudos do garoto promissor.

A meta inicial era de US$ 25 mil, mas já ultrapassou US$ 140 mil! Nada mal para quem cobrava apenas US$ 1 por algumas jogadas, não é?

Segundo o pai de Caine, parte do dinheiro irá pagar a formação do garoto em design e o restante irá para a criação de uma fundação com o fim de encontrar histórias semelhantes a dele.

Realmente inspirador.