Top Tech 35 / 36 vídeos

Apresentações tech que deram muito errado [Top Tech]

12:51 | Por Redação | 03 de Janeiro de 2019
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Apresentações de novos produtos e serviços podem ser realmente surpreendentes. No entanto, nem sempre as surpresas nos palcos dos eventos são boas. Vamos conferir algumas vezes em que as apresentações de tecnologia deram errado.

1 - Honda Asimo: Queda marcante

O robô Asimo nasceu de uma “gravidez” planejada. O projeto começou em meados dos anos 80 e originalmente se chama Advanced Step in Innovative Mobility, mas foi revelado apenas em 2000. Ele tem estatura de uma criança de 11 anos, pesa 119 quilos e pode andar sob duas pernas por cerca de uma hora graças a uma bateria de lítio integrada.

O Asimo é meio Ronaldinho Gaúcho: já jogou futebol com o ex-presidente Obama e foi integrante de um grupo de dança, mas ele ficou famoso mesmo por ter caído durante uma das suas primeiras aparições no público, e subindo uma escada. O Asimo foi descontinuado pela Honda em junho deste ano, que trabalha em outros assistentes mais discretos.

2 - Microsoft na E3 

Outro palco onde tudo pode dar certo, mas também errado, é o da E3. A Microsoft, por exemplo, passou um belo perrengue em 2009: na apresentação do Kinect, o sistema de reconhecimento do usuário para criação de avatares deu uma bugada maravilhosa, mas o pior ainda estava por vir.

Ainda na mesma apresentação, alguém esqueceu de usar o vídeo final do Project Natal, que deveria mostrar duas pessoas interagindo com o cenário enquanto jogam, aparentemente, algum FPS. O problema é que ninguém viu nada de especial, além de uma cena engraçada de duas pessoas “atirando” e gritando sem muito sentido.

3 - Steve Jobs ramelando

Em 2010, na apresentação do iPhone 4, Steve Jobs estava confiante de que os novos recursos agradariam o público presente. O problema é que a platéia estava tão conectada, de fato, que a rede do local do evento ficou instável para o iPhone 4, que “perdeu” para o iPhone 3GS numa comparação de velocidade. Jobs, claro, pediu que todos se desconectassem. 

4 - Samsung e Apple: leitor facial

Em 2011 aconteceu o lançamento do Samsung Nexus, um smartphone que trazia um sistema de reconhecimento facial. O problema é que na apresentação parece que o recurso não funcionou, e a Samsung fez escola: em 2017 a Apple apresentou o iPhone X, e o Face ID, sistema de reconhecimento facial da Maçã, também deu uma bugadinha pra deixar o clima mais engraçado.

5 - Download do Chrome em apresentação do Edge

Em 2017, a Microsoft passou um papelão quando tentou usar o navegador Edge para fazer algumas demonstrações de máquinas virtuais no Windows 10. O que aconteceu? O browser congelou. Mas o que ninguém esperava era que Michael Leworthy, um membro da equipe do Azure, resolveu instalar o Google Chrome para continuar sua apresentação.

6 - Michael Bay, constrangido, deixa apresentação de TVs da Samsung na CES

Dessa vez quem travou foi o apresentador, e não a máquina. Michael Bay, isso mesmo, o diretor de filmes, se enrolou todo no palco da CES 2014. Ele estava lá para ajudar na divulgação de TVs curvas da Samsung, mas na hora de falar sobre o produto ele simplesmente se enrolou todo com o texto e deixou o palco. Depois, ele explicou no seu blog que teve um problema com o teleprompter, que ficava indo pra cima e pra baixo."Acho que apresentações ao vivo não são o meu forte", disse Bay.

BÔNUS

Separamos dois bônus. O primeiro é de um teste de segurança de carros da Volvo que aconteceu em 2015 na República Dominicana. O teste teria sido realizado durante a inauguração de uma concessionária para mostrar que o carro freia automaticamente para reduzir ou evitar acidentes de trânsito em velocidades de até 50 km/h. O problema é que o negócio não funcionou e atropelou quem estava ali na frente do carro. É bônus, pois não vamos colocar as imagens que são um pouco fortes, apesar de ninguém ter se machucado gravemente.

O segundo é realmente um bônus porque nem fala de apresentação de produto, mas é um clássico da TV brasileira. Outro atropelamento que não deixou feridos. Ana Maria Braga foi atropelada ao vivo no Programa Mais Você em 2013 durante a demonstração de funcionamento de um veículo autônomo. Ou seja, sem motorista. O professor responsável pela demo disse que houve falha na hora de mudar o sistema de automático/robô para manual/ser humano.

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.