Top Tech 19 / 30 vídeos

6 drones mais doidos que você já viu

05:17 | Por Natalie Rosa | 21 de Março de 2018

Os drones foram criados, inicialmente, para uso militar. Mas depois de muitos anos, os pequenos veículos aéreos não tripulados começaram a conquistar a cabeça dos usuários loucos por gadgets diferentes e, hoje, não surpreende mais ouvir o zumbido de um deles por aí.

Desde a sua popularização, já é possível encontrar drones dos mais diferentes tipos e propósitos, mas alguns deles acabam chamando mais a atenção por serem um tanto quando diferentões. Vamos ver quais são?

Drone inflável

O Diodon é um drone com braços infláveis, a prova d'água e destinado ao uso profissional. Ele pode ser usado em missões militares, inspeções industriais, busca e resgate.

Este drone tem a sua tecnologia a prova d'água tão poderosa que ele é capaz até mesmo de sobreviver depois de um belo passeio sobre a superfície da água ou de enfrentar uma forte chuva. É preciso esperar apenas 60 segundos para o Diodon inflar ou desinflar.

Em vídeos, é possível ver o drone inflável em ação nos mais diferentes climas e até na neve.

A marca conta com modelos de drones infláveis mais simples e compactos, até maiores e mais complexos.

Drone plantador de árvores

O BioCarbon Engineering é um drone criado com foco na sustentabilidade e tem um foco bem diferente do que estamos acostumados: ele planta árvores!

A fabricante deste drone decidiu criar o projeto com o objetivo de plantar um bilhão de árvores ao ano para evitar a devastação das florestas, muitas vezes para fins industriais, de forma mais rápida do que o plantio manual.

O drone BioCarbon funciona assim: primeiro ele coleta dados detalhados do terreno que vai receber as sementes, criando então um mapa 3D de alta qualidade.

Em seguida, os drones liberam as sementes germinadas dentro de cápsulas que se rompem assim que atingem o solo.

Então, é feito o monitoramento para conferir se está tudo certo com as plantinhas.

Drone que gruda na parede

O S-Mad, ou Multimodal Autonomous Drone, foi desenvolvido com inspiração em aves. O pequeno veículo consegue detectar uma parede automaticamente, inclinando a sua ponta em até 90 graus, reduzindo a sua velocidade e pousando em locais que drones comuns não são capazes.

Eles se mantém grudados em superfícies difíceis, como paredes, graças a um sistema desenvolvido com microespinhos, que simulam as garras de um pássaro.

O drone consegue identificar as paredes com ajuda de um sensor e, antes de pousar, ele rapidamente muda da posição horizontal para a vertical para uma decolagem suave e perfeita.

Drone para usar dentro de casa

O Aveena Aire Drone é bastante parecido com um assistente virtual inteligente, como a Alexa da Amazon ou o Homepod da Apple. O objetivo do veículo é, basicamente, ser um segurança particular para a sua casa.

O drone serve como uma câmera de segurança que circula pela casa, emitindo alertas caso seja necessário, além de tirar fotos quando solicitado ou ainda ficar de olho se alguma movimentação estranha aparece pelo local. Ele é controlado por um smartphone de qualquer lugar do mundo.

O Aire tem um formato diferente dos drones já conhecidos e também pode ser uma peça de decoração quando não está em uso.

Drone dobrável

A inspiração desta vez é nos origamis. O drone da EPFL sobrevoa por aí envolto de algo que parece mais uma gaiola.

Esta proteção é dobrável e é ativada como forma de proteção, garantindo que o possíveis cargas carregadas pelo veículo, como encomendas em caixas e pacotes, não sejam danificados. O drone não é muito grande, então pode fazer o carregamento de apenas de pacotes ou caixas pequenas e leves.

Dobrar e desdobrar o drone é muito fácil, precisando apenas de um simples movimento de mãos. O drone dobrável pode ser controlado por um app para smartphone.

Drone bombeiro

Para facilitar o trabalho do Corpo de Bombeiros, o Aerone drone foi desenvolvido para apagar o fogo de grandes alturas, como prédios. Conectado a uma fonte de água no solo, o veículo voa até a direção do fogo e começa a disparar água até que ele se apague.

O drone é gigante, medindo cerca de três metros, e pesa nada menos do que 55 quilos. Ele pode carregar até 145 quilos e executar a sua função lá nos ares por até 30 minutos.

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.