Top Tech 27 / 30 vídeos

10 soluções tech que poderiam existir de verdade

05:36 | Por Patrícia Gnipper | 23 de Maio de 2018

Que a tecnologia está aí para facilitar a nossa vida, todo mundo concorda. A gente sequer lembra de como era viver sem internet, sem um smartphone sempre à mão, e já até estamos esquecendo como se locomover pela cidade sem um GPS ligado. E há tantas outras invenções tecnológicas que a gente adoraria usar no dia a dia, mas que ainda não existem, que no Top Tech de hoje preparamos uma listinha com essas ideias. Quem sabe algum bam-bam-bam do mercado não assiste ao nosso vídeo e decide criar esses produtos maravilhosos, não é mesmo? (custa nada sonhar)

Prever o futuro

Com a evolução da inteligência artificial, a ciência já está tentando fazer com que essa tecnologia seja capaz de fazer algumas previsões por aí. Já tem IA analisando casos judiciais para prever um resultado com mais eficiência do que especialistas humanos, por exemplo, e na China (claro) já existem estudos para que a IA consiga prever crimes antes que eles sejam cometidos, no melhor estilo Minority Report de ser.

Mas o que a gente queria mesmo que existisse seria uma maneira de começar o dia já sabendo o que vai acontecer nas próximas 24 horas. Tipo um app no celular, que você abre logo que acorda e decide se vale a pena encarar o dia, ou se vai alegar "estar doente" para o chefe.

Bateria que se carrega sozinha

Não é uma chatice ter que ficar atento à carga da bateria e colocar o celular pra carregar o tempo todo? Claro, existem aparelhos mais potentes cujas baterias duram o dia todo, mas, ainda assim, que maravilha seria se essas baterias fossem capazes de se carregar sozinhas, não? Alô, indústria mobile, ouve a gente!

Comunicação com a força do pensamento

Nada de misticismo aqui: a ideia é que pudéssemos usar uma tecnologia que "lesse" nossos pensamentos na hora de responder uma mensagem. Sim, já existem estudos e experimentos rolando por aí com esse objetivo, é verdade, mas a coisa ainda parece estar tão longe de se tornar realidade que, enquanto isso, a gente segue aqui só sonhando mesmo. Talvez a Google tenha chegado um pouco mais perto disso com o recurso de autocompletar que lançou recentemente pro Gmail, masss ainda não é exatamente o que queremos.

Holograma de verdade

Apesar de cientistas já terem conseguido criar um mini holograma 3D de verdade, o que vemos por aí sendo chamado de holograma não passam de projeções mais básicas. A gente gostaria mesmo era de um Holodeck, de Star Trek: The Next Generation, aquele lugar mágico que replica qualquer cenário, com pessoas "de verdade" interagindo com a gente, para viver momentos únicos que não seriam possíveis se não fosse essa tecnologia maravilhosa.

Pílulas de alimento

Nada de shakes que supostamente substituem as refeições: a gente quer mesmo aquelas pílulas "de astronauta" da ficção, balanceadas nutricionalmente e capazes de dar uma sensação de saciedade. Seria a solução perfeita para aqueles dias em que a correria é desenfreada, quando mal dá tempo de engolir a comida de qualquer jeito (e muito menos dá tempo de escolher um lugar legal onde almoçar com tranquilidade). Assim, a gente poderia garantir a nutrição nesses dias atarefados à base de pílulas, e deixar para saborear aquele hambúrguer delicioso só quando der vontade mesmo, depois do expediente.

Micro-ondas inteligente

E por falar em correria para se alimentar, quem vive essa vida turbulenta provavelmente tem o micro-ondas como o braço direito na cozinha. Afinal, é muito mais fácil e rápido apertar uns botões ali para que a comida saia pronta e quentinha, não é mesmo? Só que esse "quentinha" é relativo: às vezes o alimento sai quente demais, e, outras vezes, está quente demais em uma parte, e frio na outra. Seguimos sonhando com um micro-ondas inteligente, capaz de aquecer os alimentos por igual (e de preferência "saber" quando a comida está quente demais para ser ingerida de imediato, dando aquela esfriadinha rápida automaticamente).

Teletransporte

Já é possível fazer um teletransporte quântico de partículas, mas, na verdade, a tecnologia atual não transporta exatamente a partícula de um ponto ao outro: ela destrói a original, e posiciona a réplica idêntica no destino. Então não é algo que possa ser aplicado em humanos, né? O que a gente gostaria mesmo que existisse era um teletransporte de verdade!

Imagine só uma cidade com cabines pelas ruas, em que a gente pode entrar, determinar o destino e voilá, em uma fração de segundos chegamos aonde precisamos. Nada de trânsito, nada de atrasos, rápido e indolor! Seria o fim do congestionamento urbano (sem falar que seria o máximo se sentir como um personagem de filme de ficção científica!).

Capa da invisibilidade

Não precisa ser necessariamente uma capa como em Harry Potter, mas alguma tecnologia de disfarce a la Predador seria algo muito interessante. Afinal, nem sempre a gente está com bom humor para cumprimentar conhecidos que encontramos nas ruas (se bem que uma invenção desse tipo seria um prato cheio para ladrões e espiões né, então talvez seja melhor que isso fique só em sonho mesmo).

Máquina do tempo

Tá, essa invenção pode ser que nunca se torne realidade, mas não custa sonhar: a gente queria poder visitar o futuro para se maravilhar com as transformações que nos aguardam, ou, ainda, para ver as consequências do que estamos fazendo aqui, no presente, e, quem sabe, impedir que um mundo mais caótico seja criado. E que tal viajar para o passado, impedindo a gente de se envolver com aquele embuste que partiu nosso coração? Seria incrível! Cadê Delorean, cadê Tardis, cadê?

O olho de Black Mirror

Sabem aqueles episódios de Black Mirror em que é possível gravar tudo o que acontece no seu dia graças a uma tecnologia implantada nos seus olhos? É disso que estamos falando! Queremos poder relembrar o passado conferindo as imagens exatas do que a gente viu, e não mais somente contar com a memória cerebral para isso. Queremos acessar nossas lembranças digitalmente para conferir detalhes que passaram despercebidos, queremos lembrar com detalhes das feições daquele ente querido que já se foi, e também seria incrível que essa tecnologia também gravasse nossos sonhos!

E o que falar da possibilidade de dar um "block" naquela pessoa desagradável, mas na vida real? Ela passa por você e você só vê um borrão, olha que ideia maravilhosa! Quando é que esse futuro chega mesmo?

 

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.