MWC 2018 79 / 80 vídeos

Huawei MediaPad M5 | A nova geração de tablets da marca chinesa

03:58 | Por Wellington Arruda | 12 de Março de 2018
TUDO SOBRE

Huawei

Ainda que não tenha apresentado nenhuma novidade em smartphones, a Huawei trouxe para a MWC 2018 uma série de novos tablets chamada MediaPad M5. No total, são três modelos: um com tela de 8,4 e outros dois com 10,8 polegadas, todos projetados para entretenimento e, é claro, produtividade. Tanto que a EMUI Desktop está por aqui, assim como no Mate 10 Pro.

A grande sacada da empresa foi utilizar esse modo que transforma o tablet em um desktop, fazendo dele uma opção mais viável para quem busca um tablet para trabalhar ou mesmo para usar como algo mais portátil entre uma viagem e outra.

Esteticamente, todas as versões do MediaPad 5 são iguais, com diferença apenas no tamanho deles. Todos trazem displays IPS LCD com resolução de 2560 x 1600, processador Kirin 960, Android Oreo 8.0 + EMUI 8.0 e 4 GB de RAM. O armazenamento pode ser opcional entre 32, 64 ou 256 GB, e também opcional, já que os tablets têm slot para cartões microSD de até 256 GB.

Alimentando tudo isso nos três dispositivos, a fabricante colocou uma bateria de 5.100 mAh no modelo de 8,4 polegadas, enquanto o de 10,8 polegadas tem 7.500 mAh. As câmeras, mesmo que com pouco destaque, tem 8 MP (frontal) e 13 MP (traseira).

Completando o conjunto, os tablets têm quatro saídas de som, leitor biométrico integrado abaixo da tela, slot para cartão sim e… não têm entrada para fones de ouvido!

Fechando o leque de opções, a Huawei também exibiu o MediaPad 5 Pro, de 10,8” com uma caneta sensível à pressão para que você possa desenhar ou escrever na tela com mais precisão; ela se chama M Pen, tem 4096 níveis de sensibilidade à pressão e tem botões físicos.

Essa outra versão do MediaPad também tem uma entrada para teclado, transformando ele numa espécie de Surface, da Microsoft.

Fica difícil se impressionar com tablets numa feira onde o foco está mesmo nos smartphones, mas a Huawei fez um pouco de barulho. Esse modelo tem construção muito boa e a versão menor é nitidamente mais confortável; já a maior, por outro lado, é mais a cara de quem procura um dispositivo para o trabalho e afins.

É preciso notar, também, que apesar das boas especificações o MediaPad 5 não carrega dentro de si o melhor hardware já produzido pela Huawei. Ainda assim, para atividades mais comuns, nenhum dos aparelhos citados aqui deverão ser uma dor de cabeça para os usuários quando a gente pensa em usabilidade.

Isso porque, diferente do Mate 10 Pro, a EMUI Desktop já está projetada em telas relativamente grandes, e então o uso de um teclado no modelo de 10,8” pode ser uma grande ajuda - lembrando, também, que os tablets usam Bluetooth 4.2 e trazem slot para chip de operadora.

Alternar entre os modos de tablet, de fato, e o EMUI Desktop, é um tarefa tão simples quando apenas apertar um botão para ligar o seu tablet. A interface não é uma das mais limpas e bonitas, mas remete e muito ao que nós já vimos até então no Windows. A diferença é que ele também é Android e roda aplicativos da Play Store.

A fabricante anunciou que o seu novo tablet começará a ser distribuído em países da Europa e nos Estados Unidos já no mês de março, e claramente eles serão um tanto quanto complicados de serem encontrados por aqui no Brasil.

O Huawei MediaPad 5 tem duas cores: Space Grey e Mystic Silver, ambos disponíveis para os dois tamanhos do tablet. Os preços dos aparelhos variam entre 349 e 549 euros, e existem versões somente com Wi-Fi (sem slot para chip SIM), afinal este é um recurso opcional.

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.