Hands-on 273 / 285 vídeos

Hands-on | Asus Zenfone Max Shot e Max Plus M2

03:52 | Por Joyce Macedo | 20 de Março de 2019
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Zenfone Max Shot

Ficha técnica

No último dia 13 de março, a Asus lançou dois novos modelos de smartphones focados no mercado brasileiro: o Zenfone Max Plus M2 e Zenfone Max Shot. Conseguimos dar uma rápida navegada nos novos dispositivos durante o evento de lançamento para mostrar um pouco mais de perto para vocês as novidades.

Os modelos são apresentados como intermediários, mas é bom ressaltar que eles pendem bem mais para o lado de entrada do que dos premium, ok?

Para começar, a única diferença real entre os aparelhos está nas câmeras..Enquanto o Zenfone Max Shot tem três sensores na parte traseira, o Max Plus M2 tem apenas dois.

No Zenfone Max Shot, a principal câmera conta com sensor Sony de 12MP e abertura F1.8, a secundária monocromática de 5MP ajuda no modo retrato e a terceira câmera é uma wide-angle de 120° e 8MP. No caso do Max Plus M2, o smartphone perde a câmera secundária de 5MP e mantém as outras duas.

Logo de cara já dá pra ver que, apesar de oferecer a câmera tripla, algo raro para um modelo mais simples de smartphone, o Max Shot deixa a desejar na qualidade das imagens mais abertas.

O Zenfone Max Shot tem tela de 6,26 polegadas e resolução Full HD+ e chega em quatro opções de cores (preto, prata, azul e vermelho) e duas configurações diferentes: 3GB ou 4GB de RAM e 32GB ou 64GB de armazenamento. O espaço interno pode ser expandido para até 2 TB com cartão microSD. Como já era esperado para um aparelho da linha Max, a bateria de 4.000 mAh pode oferecer até dois dias de uso (de acordo com a própria Asus, é claro).

Outros recursos incluem estabilização eletrônica de imagens e gravação de vídeos em Full HD a 60 quadros por segundo. Ainda, o aparelho tem duas opções de biometria: reconhecimento facial ou leitura de impressões digitais.

Na parte inferior, ele traz um conector microUSB, nada de USB-C, microfone, conector P2e speaker

Já o Max Plus M2 chega apenas na versão com 3 GB de RAM e 32 GB de espaço interno, e traz as mesmas demais especificações do outro aparelho, com exceção do conjunto de lentes traseiras.

Mas a grande novidade mesmo está debaixo da carcaça.Os dois smartphones são os primeiros do mercado equipados com o SiP1, um módulo da Qualcomm feito exclusivamente para o mercado brasileiro.A sigla SiP significa System-in-Package, ou seja, um sistema todo dentro de um único módulo, e o 1 porque este é o primeiro SiP feito para smartphones. A vantagem é que o uso do QSiP agiliza o processo de fabricação dos smartphones e, por ser pequeno, deixa mais espaço livre dentro do dispositivo para outros componentes e inovações no design.

Vale lembrar que a Qualcomm e o governo brasileiro vêm trabalhando juntos desde 2015 para tirar esse projeto do papel. Desde sempre, ele era conhecido como “chipão”, por conter mais de 400 componentes embutidos em um único módulo. Por enquanto, os Zen Brasileirinhos ainda não são tão brasileirinhos assim, já que o SiP1 ainda vem da fábrica gringa da Qualcomm, mas a ideia é que a partir do próximo ano ele seja fabricado em território nacional, no interior de SP.

Falando sobre preços, o Max Shot na versão com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento pode ser encontrado por R$ 1.349, e a opção com 4GB/64GB custando R$ 1.549,00. Já o Zenfone Max Plus M2 pode ser encontrado por R$ 1.299.

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Ofertas Zenfone Max Shot