Dicas e Tutoriais 120 / 126 vídeos

Como declarar Bitcoins no Imposto de Renda?

03:05 | Por Ramon de Souza | 25 de Abril de 2018

2018 foi o momento em que a Receita Federal acabou com a alegria de muita gente ao anunciar que qualquer tipo de dinheiro virtual (ou seja, Bitcoin e afins) precisa ser declarado no Imposto de Renda caso você tenha mais de R$ 1 mil em criptomoedas. Para a Receita Federal, esses “mais de R$ 1 mil” correspondem ao preço de compra do dinheiro virtual, dispensando a valorização.

DECLARAR QUE COMPREI BITCOINS

Caso você esteja acima dos R$ 1 mil em Bitcoins, baixe o programa IR 2018; agora procure a ficha “Bens e Direitos” e, no campo de categoria, escolher a opção “99 – Outros bens e direitos”. Em “Localização”, é necessário informar se a corretora através da qual a compra foi feita está baseada no Brasil ou em algum país estrangeiro. Caso a transação tenha sido feita em uma corretora, o CNPJ (ou registro equivalente) deverá ser informado; no caso de operações entre duas pessoas físicas, o CPF do vendedor é obrigatório.

No campo “Discriminação”, explique, com o maior número possível de detalhes, onde, quando e por quanto foram feitas as transações, especificando os valores envolvidos. Se você comprou várias criptomoedas ao longo dos anos, escreva a lista de forma ordenada e, no campo “Situação em 31/12/2017”, especifique o valor total de todas as aquisições.

Exemplo: se comprou R$ 2 mil em bitcoins em fevereiro de 2017 e mais R$ 3 mil em novembro, essas compras precisam estar descritas separadamente em “Discriminação”, mas, em “Situação em 31/12/2017”, você deve informar o total de R$ 5 mil, lembrando sempre se desconsiderar eventuais valorizações.

E SE EU VENDI BITCOINS?

Caso você tenha vendido Bitcoins a coisa muda um pouco. Quem conseguiu até R$ 35 mil de lucro por mês com tais operações já era obrigado a declarar o capital mensalmente através do Programa de Apuração dos Ganhos de Capital (GCAP2017); se você se encaixa nesse perfil e nunca fez tais declarações periódicas é muito importante consultar um escritório ou profissional de contabilidade para auxiliá-lo nessa tarefa.

Junte todos os extratos e documentos que comprovem as transações, pois eles serão necessários para que o Governo possa apurar os impostos corretamente.

Esperamos que isso responda as dúvidas que vocês mandaram para o Canaltech; afinal sabemos que é curioso pensar como o Governo apurará se as quantias informadas de Bitcoins são verdadeiras ou não (afinal criptomoedas são relativamente sigilosas quanto aos seus donos verdadeiros).

Parte dessa questão de declarar moedas virtuais é evitar problemas futuros com a Receita Federal ao vender Bitcoins e, “misteriosamente”, sua conta-corrente ter milhares de reais que nunca apareceram em lugar nenhum antes.

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Citadas no Vídeo