Comparativo 179 / 184 vídeos

Huawei P20 Pro vs Google Pixel 2 XL [Comparativo]

07:58 | Por Wellington Arruda | 18 de Julho de 2018

Muita gente já aceitou o fato de que os smartphones se tornaram ótimas câmeras fotográficas. Tudo bem, ainda não chegamos no nível exato de uma DSLR propriamente dita, mas as fabricantes estão se esforçando, e as coisas estão realmente melhorando.

Neste caso, aqui vão dois dos melhores smartphones para fotografias da atualidade: Huawei P20 Pro e Google Pixel 2 XL. Neste comparativo, vamos conferir em quais pontos eles se igualam e qual leva a melhor no final. Bora lá!

CONSTRUÇÃO

Se você é do tipo que se importa com a estética do seu smartphone, vai ter pela frente uma boa escolha entre o Pixe 2 XL e o Huawei P20 Pro. O primeiro deles mescla o metal e o vidro para uma aparência elegante, sem listras para antenas, robusta e sem escorregar tanto.

Já o P20 Pro é um dispositivo um pouco menor que o Pixel, e seu corpo arredondado, formato e utilização do vidro na traseira e alumínio nas laterais, faz com que ele também tenha uma boa ergonomia. Ele traz o leitor biométrico na frontal, mesmo, enquanto que o Pixel tem esta solução nas costas do celular.

Continuando, nós ainda temos certificação IP67 nos dois aparelhos, que inclusive não possuem entrada P2 para fones de ouvido. Continuando, nenhum deles permite que você utilize cartão microSD, o que deixa a disputa ainda mais centrada na estética.

Vencedor: empate.

DISPLAY E MULTIMÍDIA

O P20 Pro tem um display OLED de 6,1 polegadas, contra um de 6 polegadas P-OLED do Pixel 2 XL. A resolução deles, respectivamente, fica em Full HD+ e 2K. Ambos contam com saída de áudio estéreo, que parece ser mais equilibrado quando reproduzido no Pixel.

Já no lado do display, apesar da ótima qualidade de ambos, o Pixel tem um problema que deixa as cores mais azuladas se o celular estiver angulado. Mas, claro, todo mundo já percebeu que há um notch no P20 e mais bordas no Pixel.

Ambos os displays trazem tamanho muito aproximado, resoluções adequadas, qualidade de exibição sem exageros na saturação e áudios equilibrados. Neste caso, a conta seria mais ou menos assim: o Pixel tem uma leve vantagem no som, e o P20 no display - e eu recomendaria “disfarçar” o notch dele nos ajustes.

Mas, considere também alguns pontos: ambos não decepcionam na qualidade de imagem, embora o Pixel seja mais recomendado em aplicações VR.

Vencedor: empate.

USABILIDADE + DESEMPENHO

Lançado em 2017, o Pixel 2 XL chegou ao mercado com chipset Snapdragon 835 octa-core, opções com 64 e 128 GB de memória interna e 4 GB de RAM. Já o P20 Pro, lançado este ano, traz o chipset Kirin 970, 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.

Imagine o seguinte: ainda que tenha sido lançado em 2017, o Pixel 2 XL continua sendo um ótimo smartphone. Tanto ele quanto o P20 Pro têm capacidade de reproduzir os mesmos apps e jogos pesados, além de aplicações para realidade aumentada. A real diferença, porém, é que o hardware do P20 tem mais força bruta.

Ambos já rodam o Android Oreo, mas por aqui o Pixel tem a real vantagem. Enquanto a Huawei se apoia na sua própria interface, o dispositivo da Google traz um visual mais limpo e com suporte a atualizações mais rápidas.

Sendo assim, tenha em mente que o hardware de ambos é muito forte. Especialmente quando você precisa forçar a multitarefa com o P20 Pro, que é mais atual. Mas ainda é bom lembrar que o Pixel claramente receberá atualizações de software mais rápido, beleza?!

Vencedor: Huawei P20 Pro.

CÂMERAS

Atualmente, Pixel 2 XL e P20 Pro também são ótimos para fotografias. A principal diferença entre eles, é que o primeiro citado tem apenas um sensor na traseira, e o segundo tem três sensores.

O Pixel tem um sensor de 12.2 MP (f/1.8) com foco a laser e PDAF, OIS e EIS, e consegue fazer imagens com desfoque de fundo com muita qualidade. O software do Google é mais estável, resultando em bons cliques com o HDR e fazendo dele algo mais versátil, para apenas ser tirado do bolso e fazer uma foto rápida.

Já no P20 Pro você encontra três câmeras na traseira: 8 MP (f/2.4) focado no Zoom de até 5X; outro de 40 MP (RGB - f/1.8); e por fim um de 20 MP (f/1.6) monocromático. Ele mescla os sensores para fazer as fotos, embora ofereça uma maior variedade na hora de fazer fotos mais específicas.

Deste modo, tenha em mente que tanto o Pixel quanto o P20 vão lhe agradar se você ama fotografias. Só que o P20 realmente abre mais opções para os cliques, embora o software do Pixel ainda seja mantido como um dos melhores da atualidade.

Vencedor: Huawei P20 Pro.

BATERIA

O P20 Pro utiliza bateria de 4.000 mAh, contra uma de 3.520 mAh do Pixel 2 XL. O hardware de ambos utiliza bastante energia na utilização dos recursos e reprodução de conteúdo multimídia, embora o resultado seja muito satisfatório e garantido para um dia inteiro de uso.

Assistindo a vídeos no YouTube, com brilho máximo e apenas o Wi-Fi ligado, a descarga média do smartphone da Huawei foi de 7 a 8% por hora, contra 12,5% por hora do Pixel.

E, ainda falando sobre autonomia, com o P20 Pro você ainda tem grandes chances de chegar ao segundo dia de uso, e sem abrir mão dos seus apps preferidos.

Vencedor: Huawei P20 Pro.

PREÇO

Até o momento em que nós fechamos este comparativo, nem o P20 Pro e nem o Pixel são vendidos oficialmente aqui no Brasil. Logo, vamos considerar os valores em dólar:


* Huawei P20 Pro: US$ 949
* Google Pixel 2 XL: US$ 849 (64 GB) e US$ 949 (128 GB)
A menos que você realmente queira utilizar o sistema triplo de câmeras do P20, os US$ 100 a menos no Pixel 2 XL se mostram como um negócio mais bacana. E ele oferece mais opções, já que considerando a versão com mais espaço interno os preços são os mesmos.

Vencedor: Google Pixel 2 XL.

Muita gente já aceitou o fato de que os smartphones se tornaram ótimas câmeras fotográficas. Tudo bem, ainda não chegamos no nível exato de uma DSLR propriamente dita, mas as fabricantes estão se esforçando, e as coisas estão realmente melhorando.


Neste caso, aqui vão dois dos melhores smartphones para fotografias da atualidade: Huawei P20 Pro e Google Pixel 2 XL. Neste comparativo, vamos conferir em quais pontos eles se igualam e qual leva a melhor no final. Bora lá!


{cartela} CONSTRUÇÃO


Se você é do tipo que se importa com a estética do seu smartphone, vai ter pela frente uma boa escolha entre o Pixe 2 XL e o Huawei P20 Pro. O primeiro deles mescla o metal e o vidro para uma aparência elegante, sem listras para antenas, robusta e sem escorregar tanto.


Já o P20 Pro é um dispositivo um pouco menor que o Pixel, e seu corpo arredondado, formato e utilização do vidro na traseira e alumínio nas laterais, faz com que ele também tenha uma boa ergonomia. Ele traz o leitor biométrico na frontal, mesmo, enquanto que o Pixel tem esta solução nas costas do celular.


Continuando, nós ainda temos certificação IP67 nos dois aparelhos, que inclusive não possuem entrada P2 para fones de ouvido. Continuando, nenhum deles permite que você utilize cartão microSD, o que deixa a disputa ainda mais centrada na estética.


Vencedor: empate.


{cartela} DISPLAY E MULTIMÍDIA


O P20 Pro tem um display OLED de 6,1 polegadas, contra um de 6 polegadas P-OLED do Pixel 2 XL. A resolução deles, respectivamente, fica em Full HD+ e 2K. Ambos contam com saída de áudio estéreo, que parece ser mais equilibrado quando reproduzido no Pixel.


Já no lado do display, apesar da ótima qualidade de ambos, o Pixel tem um problema que deixa as cores mais azuladas se o celular estiver angulado. Mas, claro, todo mundo já percebeu que há um notch no P20 e mais bordas no Pixel.


Ambos os displays trazem tamanho muito aproximado, resoluções adequadas, qualidade de exibição sem exageros na saturação e áudios equilibrados. Neste caso, a conta seria mais ou menos assim: o Pixel tem uma leve vantagem no som, e o P20 no display - e eu recomendaria “disfarçar” o notch dele nos ajustes.


Mas, considere também alguns pontos: ambos não decepcionam na qualidade de imagem, embora o Pixel seja mais recomendado em aplicações VR.


Vencedor: empate.


{cartela} USABILIDADE + DESEMPENHO


Lançado em 2017, o Pixel 2 XL chegou ao mercado com chipset Snapdragon 835 octa-core, opções com 64 e 128 GB de memória interna e 4 GB de RAM. Já o P20 Pro, lançado este ano, traz o chipset Kirin 970, 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.


Imagine o seguinte: ainda que tenha sido lançado em 2017, o Pixel 2 XL continua sendo um ótimo smartphone. Tanto ele quanto o P20 Pro têm capacidade de reproduzir os mesmos apps e jogos pesados, além de aplicações para realidade aumentada. A real diferença, porém, é que o hardware do P20 tem mais força bruta.


Ambos já rodam o Android Oreo, mas por aqui o Pixel tem a real vantagem. Enquanto a Huawei se apoia na sua própria interface, o dispositivo da Google traz um visual mais limpo e com suporte a atualizações mais rápidas.


Sendo assim, tenha em mente que o hardware de ambos é muito forte. Especialmente quando você precisa forçar a multitarefa com o P20 Pro, que é mais atual. Mas ainda é bom lembrar que o Pixel claramente receberá atualizações de software mais rápido, beleza?!


Vencedor: Huawei P20 Pro.


{cartela} CÂMERAS


Atualmente, Pixel 2 XL e P20 Pro também são ótimos para fotografias. A principal diferença entre eles, é que o primeiro citado tem apenas um sensor na traseira, e o segundo tem três sensores.


O Pixel tem um sensor de 12.2 MP (f/1.8) com foco a laser e PDAF, OIS e EIS, e consegue fazer imagens com desfoque de fundo com muita qualidade. O software do Google é mais estável, resultando em bons cliques com o HDR e fazendo dele algo mais versátil, para apenas ser tirado do bolso e fazer uma foto rápida.


Já no P20 Pro você encontra três câmeras na traseira: 8 MP (f/2.4) focado no Zoom de até 5X; outro de 40 MP (RGB - f/1.8); e por fim um de 20 MP (f/1.6) monocromático. Ele mescla os sensores para fazer as fotos, embora ofereça uma maior variedade na hora de fazer fotos mais específicas.

Deste modo, tenha em mente que tanto o Pixel quanto o P20 vão lhe agradar se você ama fotografias. Só que o P20 realmente abre mais opções para os cliques, embora o software do Pixel ainda seja mantido como um dos melhores da atualidade.


Vencedor: Huawei P20 Pro.


{cartela} BATERIA


O P20 Pro utiliza bateria de 4.000 mAh, contra uma de 3.520 mAh do Pixel 2 XL. O hardware de ambos utiliza bastante energia na utilização dos recursos e reprodução de conteúdo multimídia, embora o resultado seja muito satisfatório e garantido para um dia inteiro de uso.


Assistindo vídeos no YouTube, com brilho máximo e apenas o Wi-Fi ligado, a descarga média do smartphone da Huawei foi de 7 a 8% por hora, contra 12,5% por hora do Pixel.


E, ainda falando sobre autonomia, com o P20 Pro você ainda tem grandes chances de chegar ao segundo dia de uso, e sem abrir mão dos seus apps preferidos.


Vencedor: Huawei P20 Pro.


{cartela} PREÇO


Até o momento em que nós fechamos este comparativo, nem o P20 Pro e nem o Pixel são vendidos oficialmente aqui no Brasil. Logo, vamos considerar os valores em dólar:


* Huawei P20 Pro: US$ 949
* Google Pixel 2 XL: US$ 849 (64 GB) e US$ 949 (128 GB)
A menos que você realmente queira utilizar o sistema triplo de câmeras do P20, os US$ 100 a menos no Pixel 2 XL se mostram como um negócio mais bacana. E ele oferece mais opções, já que considerando a versão com mais espaço interno os preços são os mesmos.


Vencedor: Google Pixel 2 XL.


{cartela} QUEM GANHA?


* Google Pixel 2 XL: construção, display e multimídia, preço
* Huawei P20 Pro: construção, display e multimídia, usabilidade + desempenho, câmeras, bateria


Considerando que, novamente, nenhum deles é comercializado aqui no Brasil, o usuário que importar qualquer um desses modelos não deve se arrepender da compra. Ambos oferecem um visual muito bonito, displays de alta qualidade, hardware potente e ótimas configurações de câmera.


No software, a Google continua na frente, e no hardware a Huawei mostrou que os seus três sensores trabalham muito bem.


* Google Pixel 2 XL: construção, display e multimídia, preço
* Huawei P20 Pro: construção, display e multimídia, usabilidade + desempenho, câmeras, bateria

Considerando que, novamente, nenhum deles é comercializado aqui no Brasil, o usuário que importar qualquer um desses modelos não deve se arrepender da compra. Ambos oferecem um visual muito bonito, displays de alta qualidade, hardware potente e ótimas configurações de câmera.

No software, a Google continua na frente, e no hardware a Huawei mostrou que os seus três sensores trabalham muito bem.

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.