Análise de Produto 406 / 437 vídeos

TV Panasonic Viera 4K TC-65EX750B [Review / Análise]

05:36 | Por Adriano Ponte | 01 de Maio de 2018

Uma TV muito grande na sala de estar é uma escolha difícil, e a tela deste modelo traz em 65" um processamento de imagem interessante e resultados de cor igualmente válidos. Confira agora a análise da Panasonic Viera 4K TC-65EX750B.

Focando no controle e no sistema

Dessa vez, vamos inverter e começar pelo sistema: Firefox OS.

O que significa em 2018 contar com esse sistema numa Smart TV? Retrocesso. Apesar da proposta genial do sistema em seu lançamento, ficou claro que o Android TV é o centro multimídia mais completo, seguido respectivamente pela Apple TV e pelo Tizen da Samsung. Correr fora dessa curva é suicídio tecnológico.

A experiência de navegar pelos menus é quebrada, com lentidão do próprio sistema; dentro dos APPs isso não é notável, ocorre somente na interface direta do Firefox OS. Adicionalmente os menus não sobrepõe a imagem com naturalidade, dando aquela impressão que as primeiras TVs inteligentes davam ao serem utilizadas.

O controle que acompanha o aparelho também não ajuda a quebrar essa sensação, sendo desnecessariamente grande para as teclas comuns e apertado para os menus de navegação direcional. As teclas macias não ajudam os cliques contínuos, e é necessário manter o controle apontado para o televisor (nada de bluetooth ou radiofrequência como é esperado de um controle de televisor modernoso como esse). Para algo grande assim esperávamos um controle dupla face, com teclado completo nas costas (ainda mais pelo televisor incluir um navegador de internet pré-instalado).

Se você imagina melhorias com a oferta de aplicativos do sistema, respire fundo para a incontável falta de opções em todas as categorias. É como andar numa cidade com dez habitantes - em alguns minutos você conhece todo mundo e sabe que não vai chegar nada novo ali. Sem dúvidas você não irá além do básico Netflix/YouTube/Globo Play/Tele Cine Play (mesmo que queira).

Pelo menos tem um botãozão da Netflix dedicado no controle.

Qualidade de imagem

Se o sistema pode ser contornado com a aquisição de uma Mi Box, Apple TV e etc., a imagem em si é algo que é BOM ou RUIM, sem meio termo ou soluções póstumas; nesse departamento essa Viera 4K manda muito bem.

Seu enorme painel traz modos inteligentes que de fato valem a pena, como o modo Game que deixa o input lag entre 10~20ms (mas apenas enquanto estiver ativado, claro).

O televisor usa o processador de vídeo Studio Master HCX2 da Panasonic, permitindo em sua análise de quadros das imagens melhor reprodução de cores, fidelidade HDR e outros recursos de melhoria de imagem, incluindo distribuição de luminância mais precisa. O painel é baseado na tecnologia LED LCD, com suporte nativo 4K.

O suporte ao vídeo de alta definição se estende para todas suas 4 entradas HDMI, com igual suporte HDR para todas as entradas. Adicionalmente temos 3 porta USB e conexão WiFi + ethernet.

Em seus modos de cor adaptativa, a TV faz muito bem seu trabalho. Os tons escuros são precisos com contraste excelente, com destaque para cores muito melhores representadas dessa forma se comparadas ao ajuste manual. A capacidade de leitura e processamento de cenas é notável e temos que dar pontos para esse modelo Viera em ajuste dinâmico do que passa na tela.

A função de preenchimento de quadros automática (disponível em tantas TVs há um bom tempo) nos mostrou que de fato há processamento relevante por parte da TV. Em outros televisores sempre notamos artefatos estranhos aparecendo sobre os filmes quando o televisor forçava esse efeito de "60fps" nas cenas, porém esse modelo da Panasonic não cria borrões destacados para as partes em movimento da cena, criando um truque que engana absurdamente bem e quase convence que tudo na TV está com uma alta taxa de quadros com o truque ligado.

Dá para ver que esse modelo Viera realmente traz força de processamento de imagem sólido com um painel muito bem construído, e fica notável que o gerenciamento de backlight quase faz você esquecer que trata-se da tecnologia LCD que traz imagens tão vivas para o usuário. Em qualidade de imagem, não temos nada a reclamar dessa enorme TV.

Conclusão

Num mundo onde dinheiro é infinito, a Panasonic Viera 4K TC-65EX750B é uma opção grande com boa qualidade de imagem; o problema é que estamos no Brasil, terra das oportunidades, e quando falamos de um televisor que custa a partir de 6 mil reais na data de publicação desta análise. Fica difícil ignorar os pontos negativos do televisor.

Apesar do gasto considerável de dinheiro, o som integrado da televisão não faz jus ao mínimo esperado para um televisor desses. Ele fica abaixo de inúmeros modelos das outras fabricantes de televisores com subwoofers integrados e sistemas surround de qualidade pré-instalados de fábrica. O modelo Panasonic que testamos mal esboça algum grave durante a reprodução de qualquer som, tampouco traz fidelidade de áudio ou demonstra potência suficiente para aproveitar bem uma sessão. Obrigatoriamente você precisará de um sistema de som externo para sua TV, gasto adicional aos 6 mil reais já pagos pelo televisor.

Some isso ao pobre Firefox OS que move o televisor e temos literalmente uma que traz uma imagem linda e nada mais. Você pagaria 6 mil reais apenas pela imagem? Para nós (nesse preço) é um produto incompleto.

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.