Análise de Produto 390 / 437 vídeos

Câmera 360° da ASUS: um acessório para seu smartphone Android [Análise / Review]

07:02 | Por André Fogaça | 13 de Março de 2018
Tudo sobre

ASUS

No final de 2017, a Asus mostrou que tem sim seu produto para produzir conteúdo em 360 graus. No começo de 2018, a câmera chegou ao Brasil e continua com o nome de apenas Asus Camera 360. Diferente da Samsung e LG, a marca criou um acessório que vai em qualquer smartphone Android e que cria vídeos em até 2K e fotos de até 8,4 megapixels quando as imagens da duas lentes são unidas.

Um acessório que chegou tarde ao hype de 360 graus, fomentado a partir de 2016, mas que promete ser simples, objetivo e direto: fazer fotos e vídeos em 360 graus e não cobrar muito por isso. Será que ela realmente vale a pena?

Simples demais

A divisão mobile da Asus é conhecida por ter boas ideias de como criar partes externas de smartphones com maestria. Sempre entregando os círculos concêntricos famosos da marca e encaixando no que se espera de um produto de uma empresa tão famosa. A primeira câmera 360 graus lançada por ela vai no sentido oposto.

Temos uma pequena bolinha, que pesa pouco mais de 30 gramas e que é pequena desta forma justamente por ser um acessório. Diferente da Gear 360, a câmera da Asus vem sem bateria e depende de um smartphone para funcionar. Dentro dela ficam apenas os circuitos para controlar as lentes. Ponto final. Nada além disso.

Não há espaço para memória, bateria, nada. Tudo que você fizer será controlado por um app que existe apenas para Android.

A parte que comentei que parece fugir dos bons produtos com ótima construção da Asus, é que tudo aqui é feito em um plástico que aparenta ser de baixa qualidade. Há plásticos e plásticos, uns mais firmes e robustos, enquanto que outros são mais baratos e simples. A câmera da Asus encaixa no segundo exemplo.

A lente é consideravelmente menor do que outros concorrentes já utilizaram, o que não atrapalha na qualidade de imagem final. A única conexão fica parte inferior, em uma porta microUSB. Nela vai um adaptador que pode ser USB-C ou MicroUSB do outro lado. Ele garante compatibilidade com qualquer Android do mercado.

Este adaptador faz com que a imensa maioria dos smartphones fique de cabeça para baixo, mas o app criado pela Asus faz sua parte e inverte a interface. O que incomodou não foi isso, mas sim a dificuldade de desplugar a câmera do celular, sem desmontar o adaptador do acessório.

Na maioria das vezes, acabei puxando apenas ela e deixando o adaptador lá no smartphone. Outro ponto que preocupa é que o adaptador é pequeno demais, fácil demais de sumir no mundo. E sem ele, a câmera não funciona.

Ah, uma última coisa sobre a construção da câmera: ela esquenta bastante, principalmente no vidro da lente.

Fotos e vídeos dentro do esperado

As fotos feitas com as duas lentes da câmera ficam com pouco mais de 8 megapixels, quando unidas em um só panorama. O app da Asus é capaz de unir as imagens ou criar duas separadas para óculos de realidade virtual. Uma esfera que você gira ou então o efeito de planetinha. Poderia ser melhor, mas quebra o galho.

As fotos ficam com boa reprodução de cores, mas o contraste tem dificuldade em lidar com algumas cenas. Em imagens noturnas o granulado é muito aparente, sem qualquer dificuldade. Fica também ainda mais fácil ver onde começa uma imagem de uma lente e acaba a outra, o que é comum em câmeras deste tipo.

Os vídeos pegam carona na qualidade das fotos, mas ficam com resolução de até 2K. Por algum motivo todos os vídeos gravados ficaram com um erro no começo, pulando um segundo e gravando o que vem depois. A gravação de áudio ficou bem abaixo do esperado, com clara compressão exagerada do som, acabando com a qualidade geral da experiência.

O app é bem completo para o que a câmera oferece. O problema ficou na ausência de tradução para o português brasileiro. Ele chegou lá de Portugal e pronto, foi para a Play Store brasileira. Nenhuma adaptação, nenhuma substituição de telemóvel por smartphone, ou então actual para atual… ou o pior de todos: comcompartilhar, que está na área de compartilhamento e que nem no português europeu existe. Há outras falhas de tradução em áreas que ainda estão em inglês, algo que infelizmente acontece com frequência até mesmo na ZenUI dos Zenfones.

Voltando ao app, nele você compartilha as imagens e fotos com o Facebook, onde tudo continua em 360 graus, ou envia como imagem esticada para outros apps. É possível até iniciar uma transmissão ao vivo para Facebook ou YouTube. Dá pra colocar o logo da câmera no lugar onde ela apareceria na sua mão, além de trocar a resolução. Dá até para adicionar filtros nas imagens, no melhor estilo Instagram.

Este é o foco da câmera: redes sociais. A qualidade para reproduzir em um vídeo do YouTube é baixa. A resolução 2K faz com que o zoom, que o player faz para criar o efeito em 360 graus, acabe com o resultado final. Em redes sociais, onde o player é pequeno, fica bom. É é pra lá que suas fotos e vídeos devem ir. Principalmente para o Facebook, que tem suporte nativo para este conteúdo.

VALE A PENA?

Se você quer um primeiro passo em um mundo de 360 graus, vale a pena. A câmera faz fotos e vídeos com qualidade razoável, peca no áudio muito comprimido e falha ao entregar uma construção de aparente baixa qualidade para a câmera. Principalmente na ideia do adaptador pequenino. Falha também na localização do app, que vem em português de portugal e com áreas ainda em inglês, ou com palavras que nem existem.

Hoje, no momento da gravação deste vídeo, a câmera custa R$ 600. Vale a pena apenas neste cenário. Se você quer qualidade superior em todos os pontos, além da liberdade de não necessitar de um smartphone para controlar a câmera, o Gear 360 é a única escolha no Brasil. E ele custa, em média, R$ 300 a mais.

No final das contas, para uma opção de baixo custo, a Asus chegou muito perto de acertar. E aí, você concorda? Pensa em outros pontos? Coloque-os aqui na parte dos comentários!

Gostou desse vídeo?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Citadas no Vídeo