Microsoft e Adobe se unem para criar o Teams, concorrente do Slack

Por Redação | 11 de Setembro de 2017 às 13h25

A Microsoft anunciou nesta quinta-feira (11) a ampliação de sua parceria com a Adobe em uma estratégia para oferecer integrações de seus serviços e produtos voltados para produtividade em ambientes corporativos.

Uma das mudanças que foram feitas após o acordo foi a inclusão do Adobe Sign no catálogo de produtos da Microsoft, que passará a ser o serviço preferencial para assinaturas eletrônicas, oferecendo integrações com o Office 365 e o Dynamics 365.

Outra novidade apresentada pelas duas empresas é o Microsoft Teams, concorrente direto do Slack, que consiste em um serviço comunicação por chat voltado para ambientes empresariais, passando a ser a opção preferencial no Adobe Creative Cloud, Document Cloud e no Experience Cloud.

Microsoft Teams no Adobe Sign (Reprodução: TechCrunch)

O Teams, por sua vez, oferece a integração com o Adobe Stock, oferecendo, dessa forma, uma gama maior de opções de acervo para a elaboração de projetos visuais.

A Microsoft também realizará a integração do Adobe Sign com serviços de automação de tarefas com o Microsoft Flow, sendo que o sistema dele também poderá se comunicar com o Sign para verificar a situação de processos de aprovação, por exemplo.

Adobe Sign funcionando no Microsoft Outlook (Reprodução: TechCrunch)

Também há mudanças no Azure, que será utilizado como o principal serviço de armazenamento em núvel da Adobe. Com isso, os programas do pacote Creative Cloud passam a contar com integrações mais completas com o serviço da Microsoft.

O Teams, por sua vez, também ofererá a integração com o Adobe Stock, oferecendo, dessa forma, uma gama maior de opções de acervo para a elaboração de projetos visuais.

A parceria entre as duas empresas vem em boa hora, sobretudo, para a Microsoft, que recentemente vem perdendo espaço em seu serviço de troca de mensagens para o concorrente Slack.

A união de forças entre o Adobe Sign, o Microsoft Dinamics e o SharePoint já está disponível. Já a integração do Team, Flow e do SharePoint deve ocorrer nas próximas semanas.

Fonte: TechCrunch