Samsung vende sua participação na Sharp

Por Redação | 15.09.2016 às 13:56

Nesta quinta-feira (15), a Samsung Electronics anunciou que vendeu suas ações da Sharp. O motivo alegado pela sul-coreana foi uma reestruturação no seu portfólio. A Samsung era dona de 0,7%, o equivalente a 35,8 milhões, de ações da Sharp.

Com base no preço de fechamento do mercado na última quarta-feira (14), quando os papéis da Sharp estavam avaliados em 128 ienes, o valor da transação foi de cerca de US$ 45 milhões. Em março de 2013, a Samsung investiu 10,4 bilhões de ienes, cerca de US$ 100 milhões, na compra de uma participação de 3% da Sharp. Na ocasião, o negócio tornou a companhia a quinta maior acionista da japonesa.

Alguns investidores acreditam que o principal motor por trás dessa venda de ações seja o fato de que a Samsung não precisa mais da Sharp. Eles alegam que o principal papel do investimento da japonesa era ter acesso às suas patentes relacionadas à tecnologia de copiadoras. Desde que a Samsung vendeu sua divisão de impressoras para a HP, essa patente tornou-se desnecessária.

A recente venda da Sharp para a Foxconn também foi apontada como um dos fatores determinantes para a decisão da sul-coreana. Durante as negociações no início deste ano, rumores diziam que a Samsung teria feito uma oferta pela Sharp. O negócio com a Foxconn, finalizado em agosto deste ano, tem um valor estimado em US$ 3,5 bilhões e une uma das principais fornecedoras de displays para iPhones e iPads à fabricante que faz praticamente todo o restante do processo.

Fonte: The Wall Street Journal